Dar pitaco numa das premiações mais óbvias da cultura pop é um esporte preferido de muitos cinéfilos. Neste ano, parece que a homenagem que o Oscar quis dar ao próprio cinema vai dividir os prêmios entre O Artista (categorias mais nobres, melhor filme e talvez melhor ator) e A Invenção de Hugo Cabret (prêmios técnicos). Mas, é possível ainda ver algumas surpresas, como melhor roteiro para Woody Allen, por Meia-Noite em Paris e quem sabe, atriz para Viola Davis.

A Revista O Grito! rendeu-se e fez as vezes de oráculo do Oscar tentando adivinhar quem leva a melhor nesta noite. Fomos além e demos nossa opinião de quem deveria levar, num mundo perfeito.

A Academia é formada por velhinhos de mais de 60 anos e quem nem vão mais ao cinema, são homens em sua maioria e quase não trabalham mais na indústria. O perfil foi traçado por uma pesquisa do Los Angeles Times. Baseado nisso, não seria estranho se todos o favoritismo se confirme e tenhamos, mais uma vez, um Oscar sem surpresas.

Especial Oscar 2012
Críticas
Os Descendentes
A Invenção de Hugo Cabret
Millenium – Os Homens Que Não Amavam As Mulheres
Tão Forte e Tão Perto
A Árvore da Vida
As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne
Histórias Cruzadas

O Artista
A Dama de Ferro

Cãozinho Uggie fora do Oscar
Globo volta a castigar cinéfilos
O que aprendemos com o Globo de Ouro
SAG Awards consagra Histórias Cruzadas
Veja todos os indicados ao Oscar este ano

MELHOR FILME
Quem vai ganhar: O Artista
O longa francês é ousado ao mesmo tempo que é um poderoso blockbuster. E a Academia adora premiar cinemão quando este tem um mínimo de qualidade (via de regra). Também vem ganhando quase todos os prêmios até agora e, a esta altura do campeonato, será difícil uma zebra tomar o pódio.

Quem deveria: A Árvore da Vida
Foi uma grande surpresa o filme de Terrence Mallick ganhar suas três indicações (incluindo melhor filme e diretor), mas por ser o mais difícil e artisticamente ousado, não deve ter tanto peso entre os votantes. É, de longe, a obra-prima entre os concorrentes.

Zebra: Histórias Cruzadas
O filme foi o grande vencedor no prêmio do Sindicato dos Atores e pode levar o Oscar, caso a Academia decida abraçar o sentimento de culpa branco que permeia a produção.

MELHOR ATRIZ
Quem vai ganhar: Viola Davis
A interpretação de Streep é uma das melhores coisas de A Dama de Ferro, conferindo nuances e delicadeza a um dos nomes mais controversos da política mundial. Mas, muita coisa pesa a favor de Viola Davis, que nunca venceu a estatueta (Streep já tem duas) e vive um dos seus melhores momentos do cinema

Quem deveria: Viola Davis
Seria muito legal ver Davis tomar o Oscar de Streep, já que sua personagem em Histórias Cruzadas tem mais força na tela.

Zebra: Michelle Williams
Williams já foi indicada três vezes e nunca venceu. Sua atuação como Marilyn Monroe tem sido muito elogiada. O Oscar tem tendência a premiar quem nunca levou o prêmio, apesar da insistência.

MELHOR ATOR
Quem vai ganhar: Jean Dujardin
O Artista é mesmo um filme incrível em muitos sentidos, e o francês Dujardin é um dos seus destaques. Sua interpretação como um ator que cai em desgraça foi muito elogiada e já lhe rendeu vários prêmios na temporada.

Quem deveria: Jean Dujardin
Clooney fez o melhor papel de sua carreira até aqui, mas não consegue bater o francês. O mesmo vale para Brad Pitt.

Zebra: George Clooney
Se Clooney vencer não chegará a ser uma surpresa – Hollywood o ama – mas será um baque para quem deposita todas as fichas em O Artista.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Quem vai ganhar: Octavia Spencer

Quem deveria: Octavia Spencer
Depois de muito batalhar em Hollywood, finalmente Spencer conseguiu destaque em um papel que lhe caiu como uma luva. Vem ganhando quase todos os prêmios – Globo de Ouro, SAG, etc. Vai ser difícil alguém tirar seu Oscar.

Zebra: Jessica Chastain
Jessica está ótima em Histórias Cruzadas, assim como Octavia e sua atuação também tem sido elogiada. Seria justo se levasse também. Ela também está ótima em A Árvore da Vida.

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Quem vai ganhar: Christopher Plummer
Plummer vem sendo muito elogiado por seu papel de um homem que revela sua homossexualidade depois da velhice e da morte da esposa. Seu favoritismo vem sendo confirmado pelos muitos prêmios da temporada.

Quem deveria: Jonah Hill
Hill mostrou uma amadurecimento grande como ator, mostrando que sabe fazer bem filmes de drama. Em um longa sem muito brilho como Moneyball – O Homem Que Mudou O Jogo, ele é um dos destaques.

Zebra: Max Von Sydow
Aos 82 anos, o sueco Max Von Sydow já interpretou papeis clássicos, como O Exorcista. O Oscar pode premiá-lo, finalmente, por um papel interessante em um filme fraco, Tão Forte e Tão Perto.

MELHOR DIREÇÃO
Quem vai ganhar: Martin Scorsese

Quem deveria: Martin Scorsese
Um diretor que nos deu clássicos violentos recentes mostrou que sabe fazer filmes cheios de imaginação como Hugo Cabret. Cheio de sequências bonitas e com uma ótima utilização do 3D, Scorsese tem sido bastante elogiado até agora.

Zebra: Woody Allen
O diretor que mais esnoba o Oscar pode levar pelo seu filme Meia-Noite Em Paris. Se vencer, fará o de sempre: não irá buscar o prêmio.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Quem vai ganhar: Woody Allen
Meia-Noite em Paris está sendo cotado para receber seu único Oscar pelo roteiro. Allen consegue criar uma história que volta no tempo sem perder o ritmo momento algum.

Quem deveria: Woody Allen

Zebra: O Artista
Michel Hazavanicius emocionou Hollywood com sua história da decadência do cinema mudo. O uso comedido do som pode fazê-lo levar esse prêmio.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO
Quem vai ganhar: Os Descendentes

Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash irão vencer esta categoria, uma das poucas sem favoritismo neste Oscar. Adaptado do romance de Kaui Hart Hemmings, é uma bela e tragicômica odisseia sobre as relações familiares.

Quem deveria ganhar: Os Descendentes
Talvez O Espião Que Sabia Demais tenha chances, mas o filme não tem o mesmo timing do romance de John Le Carré. Já A Invenção de Hugo Cabret, que é um filme muito mais poderoso que o livro que deu origem. Além do mais, o filme de Scorsese está mais cotado para abocanhar as categorias técnicas.

Zebra
É bem difícil, mas como dissemos, as chances são pequenas para Hugo Cabret. Mas, se o Oscar decidir por uma lavada do filme, ele pode levar também esse.

Sem mais artigos