Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Últimas Conversas, do cineasta Eduardo Coutinho, terá sua estreia mundial no 20º Festival É Tudo Verdade, abrindo as edições de São Paulo e Rio de Janeiro, dias 9 e 10 de abril respectivamente. O documentário foi realizado a partir de entrevistas realizadas com jovens brasileiros pelo diretor antes de sua morte, em fevereiro de 2014.

Leia Mais
Eduardo Coutinho e o cinema de palavra

A edição ficou a cargo da montadora Jordana Berg, que trabalhou junto com o Coutinho em diversos projetos, e a finalização é assinada pelo cineasta João Moreira Salles, produtor de todos os longas do diretor desde o ano 2000.

“O É Tudo Verdade cumpriu um papel muito importante no Brasil. Ele antecipou muitas coisas, abriu muito espaço para os documentários. Por todas as razões é justíssimo que Últimas Conversas inaugure o festival. Acho que o Coutinho gostaria, acho que o Amir Labaki merece”, comenta João.

Em Últimas Conversas, Coutinho tenta chegar à essência dos jovens, e descobrir como pensam, sonham e vivem. Além do choque de gerações, o diretor encontra obstáculos para estabelecer um diálogo como as crises existenciais e o tédio dos adolescentes.

Foto: Reprodução/Arteview.

Foto: Reprodução/Arteview.

Sem mais artigos