Foto: André Vieira

José Paes de Lira, o Lirinha, retorna em um trabalho solo este ano. Lira é o primeiro disco solo depois de um período se dedicando ao teatro e à literatura.

O disco teve produção de Pupillo, da Nação Zumbi e traz 12 faixas. Será disponibilizado na internet para download gratuito no próximo domingo (11). Gravado de forma independente, o álbum foi feito entre São Paulo e Recife e masterizado na França.

Além de Pupillo, participaram do processo de gravação, Bactéria, do Mundo Livre S/A e Neilton, da Devotos. Entre as participações especiais estão Otto, Ângela Ro Ro,
Fernando Catatau e Maestro Forró. Lula Côrtes também está presente e gravou sua participação poucos dias antes de falecer, em fevereiro deste ano.

Este disco chega um ano e meio depois do fim do Cordel do Fogo Encantado, banda com que passou quase onze anos. Depois do fim do Cordel Lirinha passou a se dedicar a outras artes. Fez participações em filmes, como O Último Romance de Balzac (2010), de Geraldo Sarno e O Transeunte (2011), de Eryk Rocha. Também lançou o livro Mercadorias e Futuro, mesmo nome de sua peça que teve uma turnê de sucesso em 2009.

A Revista O Grito! ouviu o disco e teve como primeiras expressões uma ruptura na sonoridade que os fãs do Cordel estão acostumados. Com mais guitarras e teclados, o estilo de Lirinha mostra uma evolução, sem deixar de lado a teatralidade nos vocais.

Sem mais artigos