Crítica - Disco: |
NOTA8

Frevotron, o projeto do , o multi-instrumentista e o produtor tem uma das tarefas mais difíceis do mercado fonográfico hoje: inovar em cima de um gênero ainda negligenciado e relegado aos meses que circundam o Carnaval. É esta a proposta do trabalho homônimo que acaba de ser lançado para download gratuito e audição nas plataformas de streaming.

Este trabalho homônimo de estreia mostra que o estilo segue aberto a experimentações e cabe rebuliços de toda ordem, seja uma vibe mais roqueira como em “Garoto-Rima” e “Diáspora”, seja num tom puxado ao jazz como “Soufle Et Son”. Em “Bela Vista Social Club” nos lembramos da fase de Dolores com a Orquestra Santa Massa, em uma vibe latino-batidão. Há ainda uma aproximação com a eletrônica minimalista.

O trabalho pode instigar viagens para outras paradas que também exploram o frevo de forma criativa, como o próprio Spok. Frevotron é um tipo de inventividade mais que bem vinda na música pop.

frevotron5

Sem mais artigos