Um horro de Natal. (Divulgação).

Um horro de Natal. (Divulgação).

O Cineclube Toca o Terror, o primeiro do Recife todo dedicado às produções de horror, faz uma sessão “natalina” com dois filmes seguidos. Será no dia 19 de dezembro no Auditório do MAMAM, na Rua da Aurora. O primeiro deles é a aguardada estreia de Domingos, curta feito pela equipe do Toca o Terror de forma independente, que apresenta Jota Bosco como ator, roteirista e diretor.

O segundo filme da sessão também é protagonizado e dirigido pela mesma pessoa: o ator Edmund Purdom, que fez em 1984 o slasher natalino Don’t Open Till Christmas. A sessão tem início às 16h e possui entrada gratuita.

Domingos, produção própria do Toca o Terror. (Divulgação).

Domingos, produção própria do Toca o Terror. (Divulgação).

Domingos foi viabilizado através de uma campanha de crowdfunding e teve sua primeira exibição pública em Porto Alegre na mostra “A Vingança dos Filmes B” no começo de dezembro deste ano. O curta conta a história de um personagem de mesmo nome com um jeito pacato e tímido com uma rotina previsível.

A única “variável” em sua vida é a presença de Rosinha, sua companheira de trabalho, uma das únicas pessoas que o percebe. Certo dia, a jovem encontra um documento perdido por nosso protagonista e resolve ir em sua casa para devolvê-lo. É quando ela descobre que Domingos possui um terrível segredo.

Lançado há 31 anos, Don’t Open Till Christmas veio na esteira de outros slashers natalinos como Natal Sangrento (Silent Night, Deadly Night) e coloca em uma produção modesta fartas doses de sangue e violência. No filme, um garoto vê a sua mãe morrer num dia de Natal e cresce acreditando que o culpado é Papai Noel. Ao crescer, torna-se um perigoso psicopata disposto a matar todo Papai Noel que encontrar pela frente.

Acesse o site do Cineclube. Abaixo o teaser de “Domingos”.

Sem mais artigos