Nas Prateleiras: O lado dramático de George Clooney, François Ozon e o elogiado O Último Dançarino de Mao entre os lançamentos

Por Daniel Herculano

A vida sempre pode trazer surpresas. Boas ou ruins. E, essencialmente, como saber lidar quando o pior acontece é a grande questão do drama de Alexander Payne. Após receber a trágica notícia que sua esposa foi parar na UTI após um acidente de barco, um advogado (George Clooney) terá de se reaproximar de suas filhas (Shailene Woodley e Amara Miller), saber lidar com uma revelação familiar e decidir sobre a venda milionária de terras herdadas por sua família de descendentes nobres do Havaí. Vencedor do Globo de Ouro de filme (drama) e ator (Clooney), o drama muito bem conduzido que concorreu ao Oscar de melhor filme, diretor, roteiro adaptado, edição e ator, ainda traz participações de Beau Bridges, Robert Foster e nos apresenta a espetacular Shailene Woodley, a filha mais velha que tem uma cena belíssima mergulho na tristeza culminando com o choro na piscina para esconder as lágrimas em silêncio.

OS DESCENDENTES
Alexander Payne
[The Descendents, 2011, R$ 79,90]
Fox Films

Nota: 8,0

http://www.youtube.com/watch?v=3li2vOCgzd8

Roteiro afiado em O Guarda
Ao investigar uma gangue de traficantes internacionais, um americano agente do FBI precisa unir forças ao guarda irlandês e ortodoxo. Essa é a trama dessa comédia (sarcástica) policial que dá um novo olhar à um tema batido (o encontro de extremos e de mundos diferentes). Muito por causa das excelentes atuações de Don Cheadle (o negro certinho do FBI) e Brendan Gleeson (o grosso e incomum, para não dizer racista, policial irlandês) e do roteiro afiado. E você acredita que eles serão capazes de resolver esse crime de meio bilhão de dólares? Confira e tente segurar o sorriso. Garanto que não conseguirá.

O GUARDA (DVD)
John Michael McDonagh
[The Guard, 2011, R$ 44,90]
Sony Pictures

Nota: 7,5

Todo o drama de O Último Dançarino de Mao
Drama baseado na história real do bailarino chinês Li Cunxin (Chi Chao), que de camponês passou a bailarino do ballet oficial do governo de Mao, na China dos anos 80. De estrutura simples e conduzida de forma convencional, o longa é mostrado em flashbacks ao contar detalhes sobre seus treinamentos, privações, noites de choro no escuro e por fim seu intercâmbio nos EUA, que após apresentações o fez decidir não voltar à China. O veterano diretor Bruce Beresford, que faz uso de câmera lenta em momentos cruciais, para ressaltar a beleza dos movimentos e dramaticidade da história. Funciona, e seu ponto alto é um reencontro familiar em pleno teatro, mas não eterniza na mente. No elenco, além do protagonista, os destaques são Bruce Greenwood, como o consagrado coreógrafo Ben Stevenson, e Kyle MacLachlan, como o advogado Charles Foster.

O ÚLTIMO DANÇARINO DE MAO
Bruce Beresford
[Mao´s Last Dancer, 2011, R$ 89,90]
California Filmes

Nota: 7,5

Trama estranha de Ozon
Na França dos dias atuais uma mulher comum e um homem normal se encontram, se apaixonam e tem um filho, Ricky. Até aí tudo bem, a não ser que o bebê começa a nascer asas. Isso mesmo, asas! Será um anjo que veio à Terra trazer alguma mensagem aos homens? Com essa reflexão o cineasta francês François Ozon entrega um filme estranho, mas de beleza angelical, quer você acredite ou em poderes superiores.

RICKY (DVD)
François Ozon
[Rick, FRA, 2009, R$ 39,90]
California Filmes

Nota: 7,5

http://www.youtube.com/watch?v=5y4LhXjrsbQ

_
Daniel Herculano assina a coluna Script n´O Povo On Line/Jornal O Povo e é titu­lar do pro­gra­mete #Cineminha na Beach Park FM 101.7. Crítico de cinema for­mado em cur­sos de Ana Maria Bahiana (Uol/Globo de Ouro), Pablo Villaça (Cinema em Cena/OFCS), Ruy Gardnier (O Globo/Contracampo) e Joaquim Assis (Roteirista). É gra­du­ado em Comunicação Social e asses­sor de comu­ni­ca­ção d´ A+ Business Criativo.

Sem mais artigos