O No Ar Coquetel Molotov chega a sua 13ª edição no próximo sábado (22), trazendo ao Recife alguns dos principais nomes do cenário musical atual. Já consagrado como um dos principais eventos culturais do país, o festival também têm sua relevância como expoente da música independente feita em Pernambuco. As bandas locais estão presentes desde a primeira edição (Profiterolis, Parafusa). Neste ano, o No Ar traz novidades como Barro (PE), agora em carreira solo, Phalanx Formation (PE) e os já veteranos AMP e Diablo Angel.

Leia Mais: No Ar 2016
Barro: Nordeste e América Latina dialogando com o pop
Como foi o No Ar em Belo Horizonte
Ventre, atração do Coquetel, lança DVD
Uma entrevista com os organizadores: “estamos em nossa melhor fase”

Os pernambucanos se juntam a uma programação com pluralidade de sotaques, em uma maratona de mais de 12 horas de shows na Coudelaria Souza Leão, no bairro da Várzea. Nesse mix estão presentes a cantora Céu, de São Paulo, a rapper Karol Conká do Paraná, os meninos do Luneta Mágica, de Manaus, a Moodoïd, da França, os americanos da Deerhoof e os espanhóis da Los Nastys. Dentre as atrações principais, quatro são pernambucanas: as bandas Tagore, AMP, Phanlax Formation e o músico Barro.

Conheça um pouco sobre as atrações deste ano do No Ar.

amp2

AMP: voltando à ativa.

A AMP será a primeira pernambucana a se apresentar. Formada por um grupo de amigos, a banda de rock nasceu há 10 anos, “numa mesa de bar, tomando cerveja”, como bem define Luiz Eduardo ‘Dudu’, o baixista do grupo. Eles já se apresentaram em importantes festivais de música independente do país, mas essa é a primeira vez que se apresentam no NOARCM. Nos 40 minutos de show, a banda promete trazer músicas clássicas e algumas mais recentes, lançadas no último disco, o Big Mouth, Dead Ears (2013). Além disso, o grupo também irá lançar um novo single e pretendem, a partir do festival, retomar as apresentações, já que não se apresentavam em eventos desse tamanho há mais ou menos dois anos. “Há algum tempo a gente já tocou em eventos desse porte, mas nunca para esse tipo de público nem nesse formato. A banda participa do Coquetel há muito tempo, mas como público. Estamos ansiosos porque é um festival único”, revela Dudu. A banda se apresenta às 16h40 no Palco Sonic.

5tagore

Tagore chega repaginado

“Melodias bem grudentas, com um ritmo intrigante e uns quês de psicodelia nacional e internacional”. Essa é a definição que o músico Tagore dá para a banda de mesmo nome. O grupo, formado em 2010, se apresenta pela segunda vez no Coquetel Molotov, mas desta vez num dos palcos principais do evento. As faixas do recém-lançado single Pineal darão o ritmo da noite, num show completamente novo para o público. “Espero que o público curta as músicas novas e entenda a nossa repaginada. Alguns podem sentir falta do que a gente tocava antes, mas é um processo natural, de amadurecimento”, observa Tagore, que está animado em apresentar o disco aos conterrâneos. Para a banda, produzir um disco é como uma gestação, há todo um processo de produção e é importante que o resultado final seja aprovado pelo público. A banda já tocou em diversos cantos do país e por onde passa conquista elogios da crítica e do público. Tagore se apresenta às 17h no Palco Velvet.

barro-foto-disco-1-credito_louise-vas

Nova fase de Barro + Juçara

De volta ao Palco Sonic, uma das apresentações mais esperadas da noite é a do cantor e compositor Barro, que lançou neste ano o primeiro disco, Miocardio, disco que “tem muita coisa”, como ele mesmo definiu. Atuando na cena musical recifense há mais de 10 anos, Barro está cercado amigos nesta nova fase. No Coquetel, a paulista Juçara Marçal fará uma participação especial com o músico, que também prometeu tocar as canções mais animadas do novo álbum durante o show. A apresentação no festival também marcará o lançamento do álbum no Recife. Com data marcada para apresentações pelo Brasil inteiro, Barro disse não estar ansioso para tocar no festival, mas sim feliz pela oportunidade. “Tô achando massa, pois tô nesse período de lançamento do meu disco e foi uma oportunidade de lançar no Recife, num evento muito legal, com vários artistas que admiro muito. Não tô ansioso, tô feliz”, comentou o músico, que espera que o público responda com a mesma sintonia. Barro tocará às 20h no Palco Sonic. Veja a entrevista que fizemos com Barro sobre o novo disco.

A Phalanx Formation.

A Phalanx Formation.

Estreias no ar: eletrônico, guitarras tropical e indie rock

Encerrando a maratona de shows, já de madrugada, a dupla Helder Bezerra e Enio Damasceno, da Phalanx Formation, irão lançar seu trabalho de estreia. O disco How to destroy a Phalanx Formation traz o ritmo eletrônico e tem batidas universais, inspiradas em nomes como Alan Moulder e Aphex Twin. No festival, através da Plectro Arts, formada pela dupla ao lado de outros artistas locais, eles irão apresentar ao público o novo álbum, com um DJ set elaborado por Helder e Enio. A dupla se apresenta às 3h no Palco Sonic.

Além das apresentações principais, também será possível curtir novos nomes da música recifense durante os shows de abertura do festival, que acontecerão no Palco Aeso a partir das 15h. O Barco, que traz uma pegada relembrando ambientes tropicais, com guitarras elétricas e batidas dançantes, é a primeira a se apresentar. Em seguida, o trio de rock Diablo Angel traz o seu primeiro disco, o Fuzzled Mind, lançado neste ano. A terceira atração pernambucana do Palco Aeso é o Projeto Sal, que em nova formação, apresenta o segundo EP da banda. Por fim, ainda será possível conferir a Inner Kings, banda de rock moderno que acabou de lançar um novo álbum, o “High”, totalmente produzido pela própria banda.

A programação do evento traz ainda diversas intervenções e performances artísticas, assim como uma feira com itens de moda e design. A alimentação e bebidas ficam garantidas com diversos food trucks e bikes que estarão disponíveis durante todo a festa. Os ingressos podem ser adquiridos no Barchef (Casa Forte e RioMar) ou no local do evento, sendo vendidos pelo preço do último lote: R$ 80 (inteira), R$ 40 (meia) e R$ 65 (social com 1kg de alimento). As compras antecipadas das entradas podem ser feitas através da plataforma Sympla.

Confira a programação completa:

SAB – 22/10
Abertura dos portões: 13h

PALCO AESO
Apresentações a partir das 15h

PALCO SONIC
15h30 Luneta Mágica (AM)
16h40 AMP (PE)
17h40 Los Nastys (Espanha)
18h50 Rakta (SP)
20h00 Barro (PE) com part. especial de Juçara Marçal (SP)
21h10 Jaloo (PA)
22h10 Vogue Fever: Recife (Duelo de Vogue)
23h10 Ventre (RJ)
00h20 Deerhoof (EUA)
01h40 Museu do Tubarão (PE)
03h00 Plectro Arts apresenta: Phalanx Formation (PE) – Live show & Dj set

PALCO VELVET
17h00 Tagore (PE)
18h10 Baleia (RJ)
19h20 Moodoid (França)
20h40 Boogarins (GO)
22h50 Céu (SP)
00h10 Karol Conka (PR)
01h40 Baianasystem (BA)

SOM NA RURAL
20h30 – Jonathan Wolpert
22h00 – PRK
23h30 – Cleiton Rasta
01h30 – DJ Mozaum

Sem mais artigos