Acabou, no último sábado (27), o 12º Curta Taquary, festival que exibe curtas e longas brasileiros e internacionais durante uma semana em Taquaritinga do Norte (PE). O dia foi marcado por diversas atividades e encerrou com a premiação dos melhores do ano.

Pela manhã, acontecia, paralelamente, o último dia de duas oficinas: a de “Interpretação – estado e criação de cena”, com o ator Silvero Pereira e a “Oficina Criativa de Animação”, com os pernambucanos Rafael Buda e Tiago Delácio. Na primeira oficina, os alunos montaram uma pequena cena conjunta, enquanto na segunda, construíram uma animação manual, além de terem aprendido algumas técnicas.

“Se tem 3 mil salas de cinema no Brasil, 2 mil e 800 estão exibindo ‘Os Vingadores'”

O último dia contou, também, com três mesas de discussão sobre cinema, literatura e curadoria. Pela manhã, participaram o escritor e Carlos Kamara, que falaram sobre o processo de adaptação fílmica da obra “Sombra Severa”, de Carrero e de como os dois textos trazem linguagens e ponto de vista diferentes.

Raimundo Carrero fala sobre o processo de adaptação do seu livro para película cinematográfica (Foto: Curta Taquary/Divulgação)

À tarde, Amanda Ramos, Caroline Pavez, Luiz Joaquim e Pedro Maciel Guimarães. Nessa segunda mesa, foi discutido os caminhos e processos de curadorias cinematográficas, além de tecerem uma crítica severa à distribuição dos filmes nacionais e internacionais nos grandes cinemas, fazendo, inclusive, uma comparação com a película “Os Vingadores”. Em seguida, outra mesa foi composta pela poetisa , Mery Lemos e Ronaldo Correia de Brito, em que discutiram “” e de como um se apropria da linguagem do outro. É preciso deixar claro que a conversa girou em torno da experiência e do ponto de vista deles enquanto produtores de cinema e/ou literatura.

A premiação

À noite, foram exibidos os últimos curtas e o único longa metragem do festival, que foi aclamado pelo público. O filme “”, do pernambucano abordou a vida dos moradores de Toritama, cidade conhecida pelo árduo trabalho na produção de jeans (calça, macacão, saia etc.). Em seguida, aconteceu a premiação, que foi marcada, sem dúvida, por diversas manifestações políticas e sociais.

Dentre os vencedores, o filme “A Parteira”, de Catarina Doolan e “Coração do Mar”, de Rafael Nascimento, que foram os mais premiados. Rafael, durante seus discursos, enfatizou o fato dos diversos atentados da polícia militar para com os jovens negros, enquanto Catarina enfatizou o poder da mulher.

01 – MELHOR ATOR PARA: LUIZ ROBERTO DENNING ASSING / PELO FILME: AS QUATRO ESTAÇÕES
02 – MELHOR ATRIZ PARA: DESIRRE / PELO FILME: DESIRRE
03 – MELHOR TRILHA SONORA PARA:BAIÃO BINÁRIO, RADIOLA SERRA ALTA, EU PISE NA PEDRA, CHICO REGGA DO SERTÃO / PELO FILME: DESIRRE
04 – MELHOR SOM PARA: AUGUSTO BAPT / PELO FILME: HISTORIAS DE NANA E NILO – ALEGRIA DO JONGO
05 – MELHOR FIGURINO PARA: BRUNA MARQUES E BEATRIZ OLIVEIRA/ PELO FILME: HELENA
06 – MELHOR EDIÇÃO PARA: LUAN LUIZ / PELO FILME: NARRATIVAS DO RACISMO
07 – MELHOR DIREÇÃO DE ARTE PARA: ISABELLE SANTOS / PELO FILME:VIVI LOBO E O QUARTO MAGICO
08 – MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA PARA: WILSON NETTO, VITOR JARDIM, RAFAEL SOUSA, IVAN VERRENGIA, BRUNAMARQUES E ALEXANDRE GALDINO / PELO FILME: HELENA
09 – MELHOR ROTEIRO PARA:FRANCISCO LIRA / PELO FILME: LINHA
10 – MELHOR DIREÇÃO PARA: ELVIS PINHEIRO, JAILDO OLIVEIRA, LARYSSA RAPHAELA, LIVIA AGRA,RAQUEL MORAES, E RAVI CARVALHO /PELO FILME: AOS DE ONTEM, AOS DE SEMPRE
11 – MELHOR FILME DA MOSTRA CRIANCINE: O MALABARISTA / DIREÇÃO: IURI MORENO
12 – MELHOR FILME DA MOSTRA DÁLIA DA SERRA: SOBRE VIVER / DIREÇÃO: COLETIVA

Premiados das Mostra Universitária e Primeiros Passos. 

01 – MELHOR ATOR PARA: MURILO FARIAS / PELO FILME: CORAÇÃO DO MAR
02 – MELHOR ATRIZ PARA: GILDA NOMACCE / PELO FILME: TEA FOR TWO
03 – MELHOR TRILHA SONORA PARA: HUGO COUTINHO E IEZU KAERU / PELO FILME: ENTRE MARES
04 – MELHOR SOM PARA: MARIANA VIEIRA, MARILIA MENCUCINI / PELO FILME: TEA FOR TWO
05 – MELHOR FIGURINO PARA O FILME: A MULHER DO TREZE
06 – MELHOR EDIÇÃO PARA: CAIO SALES / PELO FILME: ENTRE MARES
07 – MELHOR DIREÇÃO DE ARTE PARA: JOÃO MARCOS DE ALMEIDA / PELO FILME: TEA FOR TWO
08 – MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA PARA: CRIS LYRA / PELO FILME: TEA FOR TWO
09 – MELHOR ROTEIRO PARA: ANNA ANDRADE / PELO FILME: ENTRE MARES
10 – MELHOR DIREÇÃO PARA: ANNA ANDRADE / PELO FILME: ENTRE MARES
11 – MELHOR FILME DA MOSTRA UNIVERSITÁRIA:CORAÇÃO DO MAR / DIREÇÃO: RAFAEL NASCIMENTO
12 – MELHOR FILME DA MOSTRA PRIMEIROS PASSOS: ENTRE MARES / DIREÇÃO: ANNA ANDRADE

Sem mais artigos