wado

O cantor alagoano Wado se dedica ao axé no seu novo disco, Ivete, que será lançado este ano. Ele acaba de divulgar o primeiro single, “Alabama”. O álbum segue a proposta do músico em explorar os derivados da música brasileira. Após trabalhar sonoridades como o samba e o funk, ele agora se aprofunda nas sonoridades do axé e ijexá.

O nome vem da perspectiva bem humorada do artista de que sempre fez música “que nem a da Ivete”, no sentido de características populares em seu som. “Ivete é a musa a não ser alcançada, ela é norte, mas não é ela quem canta o disco”, explica Wado, “ela é a musa intocada da empreitada”.

A escolha de Alabama como primeiro single da obra vem do conteúdo da canção. “O axé que me comove é muito político, de cunho racial e social”, conta o músico. A faixa, composta em parceria com Thiago Silva (Sorriso Maroto), faz referência a Strange Fruit, gravada por Nina Simone e Ella Fitzgerald, e fala de negros enforcados e suspensos em árvores nas plantações norte americanas. “Musicalmente, evoca os primeiros discos solo de Moraes Moreira, ainda nos anos setenta, principalmente a guitarra baiana de Armandinho nesses álbuns”, explica ele, “e na temática e ritmo, remete à primeira safra de axés do meio dos anos oitenta”.

Ouça:

Sem mais artigos