Divulgação

O cantor Ricky Martin e a cantora e atriz da Broadway Kristin Chenoweth vão ser homenageados pelos prêmios GLAAD (Aliança Gay e Lésbica Contra a Difamação) numa cerimônia que acontece no próximo mês em Nova York, nos EUA. Martin vai receber o prêmio Vito Russo, que é entregue anualmente a um profissional abertamente gay, lésbica, transexual ou bissexual que teve influência importante na promoção de direitos iguais para a comunidade.

Já Chenoweth, estrela do musical Wicked, vai receber o Troféu Vanguard, dado anualmente a pessoas que elevam a visibilidade e compreensão da comunidade LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros), por ter defendido seu colega gay de elenco no musical Promises, Promises, da Broadway, contra comentários feitos em um artigo da Newsweek de 2010 segundo o qual atores abertamente gays não convencem em papéis de heterossexuais.

Os GLAAD Media Awards foram criados em 1990 pela organização não-governamental norte-americana Gay & Lesbian Alliance Against Defamation para reconhecer e homenagear as representações inclusivas da comunidade LGBT e de questões que afetam as suas vidas nos meios de comunicação. [Marta Souza]

Sem mais artigos