The Universal
A banda faz aqui uma homenagem ao filme Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick. Ficou perfeito pela interpretação (?) de um louco por Damon Albarn.

Song 2
O mais famoso sucesso comercial da banda, “Song 2” tem um clipe tão direto quanto sua música. Tocou à exaustão, mas mesmo não sendo nem de longe o melhor que a banda já produziu, ajudou a popularizá-la entre outros públicos.

To The End
Outro clipe cabeça. Este faz referência ao clássico O Ano Passado Em Marienbad, de Alain Resnais. Todo em preto e branco.

No Distance Left To Run
Certamente o mais experimental de todos, foi dirigido por Thomas Vintenberg, cineasta ligado ao polêmico movimento Dogma 95. Foram usadas câmeras noturnas para mostrar a banda enquanto dormiam.

Tender
O clipe foi gravado durante uma sessão ao vivo de estúdio, junto com um grupo de back vocals. Um vídeo oficial chegou a ser feito, com direção de Sophie Muller (a mesma de “Song 2” e “Bettlegum”), mas nunca chegou a ser lançado, porque a banda simplesmente não gostou do resultado.

There’s No Other Way e Parklife
Primeiros sucessos do Blur, essas duas músicas representam bem as referências que o grupo carregava no início. A proposta é trazer um aspecto lúdico ao cotidiano e costumes britânicos, bem como um toquezinho de loucura.

Sem mais artigos