O CABELEIRA
Leandro Assis e Hiroshi Maeda (texto) e Allan Alex (arte)
[Desiderata, 136 págs, R$ 39,90]

Apresentado como um roteiro de cinema, O Cabeleira, de Leandro Assis, Hiroshi Maeda e Allan Alex impressiona pela narrativa ágil, que de certa forma, lembra mesmo um filme. Lançado pela Desiderata, é uma livre adaptação do romance de Franklin Távora, que conta a história do personagem título, um dos primeiros bandoleiros do Brasil, que matava sem piedade e roubava de todo mundo, nos idos de 1786. Outra característica importante do álbum, além do bom texto é retorno de Allan Alex, artista que ganhou reconhecimento na extinta revista Porrada! Special e que agora chega a um novo público. [PA]

NOTA: 8,0

Sem mais artigos