Quem leu quadrinho nos anos 90 se lembra do surgimento da , um selo da DC criado para contar histórias de temática adulta, com linguagem mais realista, temas pesados como guerras e crimes e também fantasiosos como a magia de Constantine, o improvável de Y ou o ocultismo quase onírico de Sandman.

Na verdade, não raro, o selo mistura vários desses elementos e apresenta ótimas histórias, muitas vezes, porém, desconfortáveis pelo alto teor de realismos e sinceridade em suas premissas ou nos diálogos. Visto isso surge a pergunta: existe algum meio de Vertigo tornar-se mais pesada? Sim, existe e a DC acabou de mostrar com a criação de Vertigo Ressurrected.

O novo título trará contos “raramente vistos explorando as profundezas do horror, da guerra, romance e ficção científica contados por Brian Azzarello, Grant Morrison, Garth Ennis e por artistas como Jim Lee, Phil Jimenez, Bernie Wrightson e outros“, conforme explicou Pamela Mulin, autora do Graphic Content, blog oficial da Vertigo.

CONTINUE LENDO

Sem mais artigos