Quem leu quadrinho nos anos 90 se lembra do surgimento da Vertigo, um selo da DC criado para contar histórias de temática adulta, com linguagem mais realista, temas pesados como guerras e crimes e também fantasiosos como a magia de Constantine, o improvável de Y ou o ocultismo quase onírico de Sandman.

Na verdade, não raro, o selo mistura vários desses elementos e apresenta ótimas histórias, muitas vezes, porém, desconfortáveis pelo alto teor de realismos e sinceridade em suas premissas ou nos diálogos. Visto isso surge a pergunta: existe algum meio de Vertigo tornar-se mais pesada? Sim, existe e a DC acabou de mostrar com a criação de Vertigo Ressurrected.

O novo título trará contos “raramente vistos explorando as profundezas do horror, da guerra, romance e ficção científica contados por Brian Azzarello, Grant Morrison, Garth Ennis e por artistas como Jim Lee, Phil Jimenez, Bernie Wrightson e outros“, conforme explicou Pamela Mulin, autora do Graphic Content, blog oficial da Vertigo.

CONTINUE LENDO

Sem mais artigos