A chega à 8ª edição, levando a oito cidades da Zona da Mata Norte de Pernambuco, de 8 a 27 de janeiro, atividades que refletem sobre a identidade social do Brasil. As exibições são gratuitas.

A programação abraça a temática “A Identidade do Povo Brasileiro”, com 14 filmes de curta-metragem produzidos em Pernambuco e noutros estados brasileiros. A seleção compõem um mosaico de impressões, sensações e situações por que passam a grande população brasileira, em especial a população pobre, rural, trabalhadora, negra, indígena e periférica.

A curadoria, assinada pelo jornalista e crítico Fabrício Cordeiro, mostra a face menos bonita do Brasil, arraigada por preconceitos, violências e repressões. “A população brasileira está no pai ausente, na mãe presente, no trabalho, na música. É uma oportunidade de entendermos que todos somos o povo brasileiro, com toda sua pluralidade”, comenta o curador, via e-mail.

Contemplando tanto filmes antigos quanto contemporâneos, a Mostra visa revisitar o passado, encarar o presente e projetar possibilidades de futuro para a grande massa brasileira, apontando caminhos de superação, empoderamento e fortalecimento social. A programação circulará por oito cidades – Condado, Goiana, Vicência, Aliança, Glória do Goitá, São Vicente Férrer, Carpina e Nazaré da Mata.

“Essa é uma oportunidade para a grande população se sentir reconhecida e incluída na telona, podendo ver mais sobre sua história e pensar sobre seu papel na sociedade”, comenta idealizador da iniciativa, o produtor e cineasta Caio Dornelas. As sessões aportam especialmente a comunidades onde o cinema não chega, como assentamentos e comunidades.

Dentro da Mostra Canavial acontece também o Encontro do Arranjo Produtivo Local do Audiovisual, iniciativa gratuita que fomenta discussões acerca do fazer cinematográfico em Pernambuco. Durante dois dias, acontecem debates com realizadores audiovisuais da Zona da Mata Norte, além de uma sessão especial com quatro filmes produzidos na região. A programação também inclui uma Mostra Musical com artistas da nova cena pernambucana, com shows de Ágda Moura, Igor de Carvalho, Juliano Holanda, Luiza Fittipaldi, Lucas Torres e Sam Silva.

Além das exibições, a Mostra Canavial é fonte de disseminação de conteúdo formativo em audiovisual. Nesta 8ª edição, a iniciativa propõe oficinas em Goiana, Carpina e São Vicente Férrer. Em articulação com atores e realizadores de cinema nesses municípios, a Mostra realizará oficinas gratuitas para esse público.

SERVIÇO:
Mostra Canavial de Cinema – 8ª edição
Quando: de 8 a 27 de janeiro de 2019
Sessões gratuitas às 19h
Programação completa no site.

Calendário:

08 e 09/01 – Condado (Associação dos Trabalhadores Rurais do Assentamento Luíza Ferreira – Engenho Bonito)
10 e 11/01 – Goiana (Praça de Atapuz, em frente à Igreja de São Benedito – Praia de Atapuz)
12 e 13/01 – 8º Encontro Produtivo Local do Audiovisual (Pousada Atapuz – Praia de Atapuz)
15 e 16/01 – Vivência (Praça São Sebastião – Centro do Povoado de Borracha)
17 e 18/01 – Aliança (Em frente à Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos – Tupaoca)
19 e 20/01 – Glória do Goitá (Sítio Malícia, em frente ao Museu do Cavalo Marinho do Mestre Zé de Bibi)
22 e 23/01 – São Vicente Férrer (Em frente ao antigo Cine São Vicente – Rua João Pessoa)
24 e 25/01 – Carpina (Em frente à Escola São Joaquim – Caraúba Torta)
26 e 27/01 – Nazaré da Mata (Em frente à igreja do Assentamento Camarazal)

Programação cinematográfica:
SESSÃO I – Do Canavial Para o Mundo:
No tempo do Verão (Documentário – Acre – 2012)
Torre (Animação – São Paulo – 2017)
Cantos de Trabalho (Documentário – Minas Gerais – 1954)
Balança Brasil (Híbrido – Bahia – 2017)
Black Out (Documentário – Pernambuco – 2016)

SESSÃO II – Do Mundo Para o Canavial:
Entremarés (Documentário – Pernambuco – 2018)
Vida Loka II – Racionais MC’s (Videoclipe – São Paulo – 2002)
Eu, Minha Mãe e Wallace (Ficção – Rio de Janeiro – 2018)
Deus (Documentário – São Paulo – 2017)
Mesmo com Tanta Agonia (Ficção – São Paulo – 2018)

SESSÃO ESPECIAL – Filmes Made In Mata:
Cambinda – Onde Nada se Ensina (Documentário – 2018)
Vira Bicho (Websérie – 2018)
O Esquema (Ficção – 2018)
Festas e Rituais – Valfrido Santiago (Videoclipe – 2018)

Sem mais artigos