Foto: Divulgação/HBO.

Foto: Divulgação/HBO.

O ator norte-americano Robin Williams foi encontrado morto em sua casa, aos 63 anos, com sinais de asfixia nesta segunda (11). A Polícia de Tiburon, na Califórnia acredita que tenha sido suicício.

Robin ficou famoso por filmes como Patch Adams – O Amor é Contagioso e Sociedade dos Poetas Mortos. “Perdi meu marido e meu melhor amigo nesta manhã”, disse a mulher do ator Susan Schneider. “Em nome da família do Robin, peço que respeitem nossa privacidade nesse momento e que lembrem dele não por sua morte, mas pelos momentos de alegria e risada que ele proporcionou a todos ao longo de sua carreira”, disse em uma nota enviada à imprensa norte-americana.

Segundo o site TMZ, o corpo do ator foi encontrado por volta das 11h55 em sua casa. A porta-voz da família, Mara Buxbaum disse que enfrentava “uma forte depressão” nos últimos anos. Além disso ele lutava contra dependência de álcool e drogas há mais de uma década. Ele chegou a se internar em uma clínina de reabilitação em 2006 para se tratar após uma recaída depois de 20 anos sóbrio.

Williams venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante pelo filme Gênio Indomável em 1997. Tem ainda dois Emmy, seis Globo de Ouro e dois SAGs. Um dos seus últimos trabalhos foi O Que Fazer, de Phil Alden Robinson, ao lado de Mila Kunis e Peter Dinkage. Há ainda quatro longas em pós-produção, com estreias entre este ano e o próximo.

Sem mais artigos