Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

O escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, autor de O Sorriso do Lagarto e A Casa dos Budas Ditosos, morreu na madrugada desta sexta (18) aos 73 anos, em sua casa no Rio de Janeiro. Ele sofreu uma embolia pulmonar. As informações foram confirmadas pela assessoria da Academia Brasileira de Letras, onde o autor ocupava a cadeira 34.

Leia Mais
Resenha: Viva o Povo Brasileiro
Leia trecho de Alandelão de la patrie

Ubaldo Ribeiro nasceu em Itaparica, na Bahia, em 23 de janeiro de 1941. Formou-se em direito (1959-1962) pela UFBA (Universidade Federal da Bahia), mas nunca chegou a advogar. Sua carreira se deu no campo na literatura. Se consagrou como romancista, cronista, jornalista e tradutor.

Aos 21 anos escreveu seu primeiro livro, Setembro Não Tem Sentido e em 1971 o segundo, Sargento Getúlio. O período de maior popularidade foi em 1999, com A Casa dos Budas Ditodos. O romance, narrado por uma mulher de 68 anos, conta suas desventuras sexuais sem nenhum pudor. O texto foi adaptado para o teatro, com um monólogo dirigido por Domingos de Oliveira, em 2004, interpretado por Fernanda Torres. Outro grande sucesso foi Viva o Povo Brasileiro, considerado um dos mais importantes romances brasileiros do século passado.

Ele deixa a mulher, Berenice de Carvalho Batella Ribeiro, com quem tinha dois filhos. Do casamento anterior com Mônica Maria Roters, João Ubaldo teve duas filhas. [Via UOL]

Sem mais artigos