Foto: Beto Figueiroa / Divulgação

Começa nesta semana a oitava edição da Mostra Internacional de Música de Olinda, o MIMO. A programação, com uma proposta educativa, mostras de cinema e outras ações em escolas começou desde o dia 5 deste mês, mas os shows de destaque, em lugares fechados ou não tem início nesta quarta (7). A proposta é trazer artistas nacionais e internacionais de música experimental e instrumental. Este ano, entre as atrações estão o grupo Gotam Project e Philip Glass.

A MIMO tem entrada gratuita, mas é preciso retirar os ingressos com antecedência. A grande diferença deste ano é a utilização do Parque Dona Lindu como palco. O violonista carioca Guinga e a Orquestra Sinfônica do Recife abrem a etapa de shows às 18h30, no Dona Lindu em Boa Viagem. Em cinco dias de apresentações, passam pelo festival 460 músicos e cinco orquestra sinfônicas para mais de 100 mil pessoas.

Veja a programação completa!

O Gotan Project é mesmo o grande nome esse ano. Surgidos em Paris em 1999, o grupo mistura Tango com música eletrônica. Ficou famoso no Brasil por ter sua música “Epoca” utilizado pela novela A Cor do Pecado, em 2004.

Já o Philip Glass é considerado um dos compositores mais influentes do século 20. Sua música já foi chamada de minimalista, mas a verdade é que sua música passeia por diversos estilos. Ficou conhecido no mundo pop por trazer para seu estúdio, o Looking Glass, nomes como David Bowie, Bjork e Lou Reed. Foi o responsável pela trilha sonora do filme brasileiro Nosso Lar, de 2010.

Conhecido por seu trabalho na MPB, Arrigo Barnabé na verdade se mostra mais à vontade na música experimental. Também atuou como ator em novelas e filmes. O público aguardará por seu maior sucesso “Clara Crocodilo”.

Sem mais artigos