Nossa trouxe informações novas sobre a Ditadura (Foto: Divulgação)

A Companhia das Letras lança esta semana MATA! – O Major Curió e as Guerrilhas do Araguaia, livro que é ao mesmo tempo uma reportagem, um registro histórico e uma análise política. Escrito pelo jornalista Leonencio Nossa, a edição traz informações inéditas sobre a Guerrilha do Araguaia (1966 – 1975).

Ele teve acesso ao arquivo pessoal do major Sebastião Rodrigues de Moura, conhecido como Curió, nome lendário da guerrilha. O autor revela pela primeira vez detalhes das torturas e assassinatos que vitimaram dezenas de pessoas na década de 1970 na região do Araguaia, entre militantes do PC do B e simpatizantes locais. É com certeza um dos livros importantes para a biblioteca especializada na Ditadura Militar no País.

O livro ainda revela um lado desconhecido da região do Pará naquele período, mostrando histórias que vão desde a exploração em Serra Pelada até os massacres aos sem-terra. MATA! – O Major Curió e as Guerrilhas do Araguaia tem 512 páginas e custa R$ 45.

Veja o trailer abaixo. E aqui um trecho em pdf do livro.

Sem mais artigos