ELOGIO DO CAOS
Coletivo TV Primavera repensa o conceito de videoarte em DVD com webcasts
Por Eduardo Dias, blogueiro do Grito!

KARAOKE INFERNO
Tv Primavera
[Independente, Brasil, 2008]

Vimos, nas últimas cinco décadas, um crescimento exponencial da presença da imagem do vídeo em nossa vida cotidiana e nos acostumamos a ela. É uma inquietação com a presença da imagem midiática que podemos ver em Karaoke Inferno, compilação de webcasts do coletivo pernambucano TV PRIMAVERA.

O grupo parte de estratégias difundidas por artistas como Nam June Paik e Bill Viola para questionar, criticar, problematizar, desconstruir e, principalmente, reconstruir a imagem neste novo contexto da imagem digital. Falar em videoarte nos anos 2000 não é nem de longe limitar as experiências audiovisuais à cartilha dos artistas dos anos 1960 e 1970 ou datar a produção a uma estética ou época específica. É resgatar o espírito do tempo – Zeitgeist – daquela época para buscar compreender a situação em que nos encontramos.

Caos é a palavra recorrente para (tentar) descrever os webcasts. A imagem não está – nem deveria estar – estabilizada nem imediata ao espectador. Ao recorrer a estímulos visuais, grafismos, ruídos na imagem e no som, somos tomados por um fluxo de informação cujo único desejo é incomodar – no bom sentido da palavra. “Amin” e “Make Your Own Times Square” são dois webcasts especialmente inspirados. O primeiro é um trabalho em cores e sons que apresenta bem a proposta da TV PRIMAVERA e o segundo é um tipo de manifesto ao mesmo tempo em que é uma autobiografia/currículo do grupo.

“Make Your Own Times Square”, “Make Your Own Essas”, “Make Your Own Merce Cunningham Video” e “Make Your World Cup” seguem uma mesma fórmula: um texto-manifesto se apresenta sobre imagens coladas, recortadas, interrompidas e destruídas. O resultado é uma avalanche de informação e sensações indomáveis. Tempo/Realidade é o exemplo mais sintomático da utilização de imagens midiáticas na maior parte do trabalho do grupo. A cultura de massa está presente de maneira pouco óbvia, que desperta uma familiaridade com o desconhecido.

Outros destaques do DVD: “Atari Teenage Art” recupera Amin e adiciona mais caos à imagem; “Lines/Response” e “Análise Combinatória” bombardeiam a visão; “Teeth” com seu formato de crítica mais “tradicional”, porém não menos contestador; “Histórias de Fadas” é completamente nonsense e cativante.

A edição de Karaoke Inferno é uma ótima iniciativa da TV PRIMAVERA e que representa bem a conexão de passado-presente-futuro que sua produção sempre põe em questão através de uma entidade marcante destas temporalidades distintas: a mídia.

Algumas produções do TV PRMVR


Karaoke Inferno Programa 1


Karaoke Inferno Programa 2


Karaoke Inferno Programa 3

Sem mais artigos