Trilha de faz link instantâneo com o filme
Por Paulo Floro

JUNO – ORIGINAL SOUNDTRACK
Vários Artistas
[Rhino, 2008]

A trilha sonora de Juno, assim como o filme é por demais cativante. O tom de meiguice, por vezes cambaleando numa corda bamba, permeia todo o disco. Sua repercussão na memória também é grande como o longa, cheio de signos que criam links entre a memória afetiva do espectador e a trajetória da protagonista.

E aqui está o mérito desta trilha sonora: mais do que um álbum com músicas inspiradas no filme, o disco é o próprio filme. A primeira faixa é a abertura do filme, “All I Want Is You”, de Barry Louis Polisar e é impossível não desenhar na mente a cena de Juno andando com sua garrafa de suco de laranja até a farmácia para comprar mais um teste de gravidez. Apesar da experiência ser mais interessante, quem nunca viu o filme também tem chances de gostar deste disco. O seu tracklist tem de figurões do cancioneiro americano a temas bregas, passando por ícones indies dos anos 1990.

Preenchendo boa parte das faixas, temos Kymia Dawson, cantora folk americana, antiga metade do . Como um cimento, sua presença cria a atmosfera necessária para transportar o ouvinte para o mundo do norte-americano médio. Cheio de palmas, assovios e violão, Dawnson é afiada e meiga como Juno. Suas letras tem malícia e ingenuidade no tom certo para casar com a personagem de . Além desse casamento feliz, Belle and Sebastian e Cat Power compõem o repertório.

Os solavancos desta uniformidade folk fazem referências a momentos cômicos e curiosos do filme. “Superstar”, música dos Carpenters cantada pelo é trilha da cena mais afetadamente indie, quando Juno discute com Mike Loring sobre a . “SY é uma merda. É só barulho”. Ela, educada na escola punk 77 e fã de Stooges, apresenta ao futuro pai de seu bebê. Está no disco também, “All The Young Dudes”. A última faixa termina como o filme. Os atores Ellen Page e cantam “Anyone Else But You”, dos Moldy Peaches, sentados numa calçada, ao violão. A trilha de Juno é memorável como há muito não se via nesse gênero musical.

NOTA: 8,5

[audio:Barry-Louis-Polisar-All-I-Want-Is-You.mp3]

[+] CRÍTICA: JUNO
[+] OSCAR 2008: JUNO TEM POUCAS CHANCES

Sem mais artigos