BOY BAND DO BEM
Grupo americano de Nova Jersey é a melhor saída para manter o espiríto dos bons adolescentes acesos em seus corações
Por Fernando de Albuquerque

JONAS BROTHERS
Little Bit Longer
[Hollywood, 2008]

Kevin, Joe e Nick Jonas são os nomes dos rapazotes, na casa dos 20 e poucos, que acabam de lançar o terceiro disco, Little Bit Longer, sob a batuta do selo Hollywood Records com contrato assinado ainda em 2006. Intitulado Jonas Brothers, o grupo nada mais é do que uma boy band americana, meio chiclete, que veio direto de Wyckoff, em Nova Jersey e já lançou dois álbuns: It’s About Time e Jonas Brothers.

O sucesso veio para os rapazes ainda em 2007 quando participaram de um episódio da série Hannah Montana (estrelada por Miley Cyrus), do Disney Channel, intitulado “Me and Mr. Jonas”. Eles também participaram, com Miley Cyrus, no episódio, que foi lançado depois de High School Musical 2 e foi visto por 10,7 milhões de pessoas no dia. E o grupo pode ser sintetizado por uma única frase: uma banda blockbuster feita para vender rios de discos e angariar boas cifras para os que estão por trás da música dos rapazes.

Cristãos e tementes a Deus, o Jonas Brothers é a principal alternativa para as adolescentes que estão em plena puberdade e precisam de ídolos para se espelhar. São uma saída amigável para pais e mães em polvoroza com o mau exemplo que Britney e Paris Hilton dão aos seus garotos e garotas. Com o Jonas Brothers temos a plena certeza que teremos nas ruas uma geração inteira de adolescentes “livres” da maconha e de entorpecentes mais fortes.

Sobre a música dos rapazes…não há nada a dizer. Apenas que eles emprestam a voz para que um publicitário (ou grupo de publicitários) especialista em jingles e rimas repletas de clichês adolescentes construa melodias e letras que estão no top five de alguma Jovem Pan (blerg!) americana. Mas fora o instrumental por trás, o Jonas Brothers é um grupo tecnicamente perfeito.

NOTA: 6,5

Sem mais artigos