Cena do filme Cachoeira, de Sergio José de Andrade (Divulgação)

O festival Janela Internacional de Cinema divulgou nesta segunda (10) sua seleção de curtas. São 60 produções ao todo, com filmes do Brasil e de países como França, Austrália, Rússia, Bélgica, Israel, EUA, Inglaterra e outros. Alguns foram escolhidos através de convite e outros por meio da inscrição aberta. Muitos foram exibidos em outros festivais, como o Cine PE, mas são todos bem interessantes.

Nesta quarta edição, mais de 750 filmes de todo mundo foram inscritos no Festival, sendo 320 de países estrangeiros e 432 brasileiros. Foram selecionados filmes de 41 países e 21 estados brasileiros. Mais de 130 filmes integram a programação e serão exibidos, dentro das mostras competitiva brasileira e internacional de curtas-metragens, programas especiais e mostra não-competitiva de longas-metragens. Como a gente já anunciou, o Janela ainda fará uma retrospectiva de Stanley Kubrick. A programação completa será anunciada nos próximos dias.

Os Sapos, de Clara Linhart (Divulgação)

Curtas metragens – Competição Brasileira

A felicidade dos peixes, de Arthur Lins (PB)
SINOPSE – O mar seria imenso para nós dois, mas neste aquário não te cabe, querida.

A Janela (ou Vesúvio), de Leo Amaral e João Toledo (MG)
SINOPSE – Neto e avô são interrompidos por um estranho barulho.

Acercadacana, de Felipe Peres Calheiros (PE)
SINOPSE – Nos anos 90, com a valorização do etanol e a expansão do latifúndio, 15 mil famílias foram expulsas dos seus sítios na zona da mata de Pernambuco. Maria Francisca decidiu resistir.

Adormecidos, de Clarissa Campolina (MG)
SINOPSE – Por toda a parte, quando anoitece, luzes e cartazes publicitários tornam-se os únicos seres com vida entre as ruas inertes. Seres que nunca se encontram, desconhecidos quase exatamente iguais.

Avalons, de Carlos Eduardo Nogueira (SP) – estréia
SINOPSE- Uma releitura moderna das iluminuras medievais. O duelo pela mão da princesa traz à tona relações obscuras e vinganças além da morte.

Bolpebra, de Guilherme Marinho, João Castelo Branco e Rafael Urban (PR)
SINOPSE- Bolpebra, na fronteira entre Bolívia, Peru e Brasil, tem 40 habitantes e acaba de instalar sua praça central.

Cachoeira, de Sérgio José de Andrade (AM)
SINOPSE- Inspirado em fatos reais. Um grupo de jovens indígenas do alto Rio Negro, no Amazonas, participa de rituais, ingerem substâncias e fazem pacto mortal e místico.

Calma Monga, de Petrônio de Lorena (PE)
SINOPSE – Ataques contra varões pernambucanos chamam a atenção da polícia e do jornalismo alarmista.

Céu, Inferno e Outras partes do Corpo, de Rodrigo John (RS)
SINOPSE – Ele é um cachorro. Sua ex, uma cadela. Sua vida, osso duro de roer.

Com vista para o céu, de Allan Ribeiro (RJ)
SINOPSE – Homem e mulher tentam contato em uma grande metrópole, diante de tanta incomunicabilidade, onde o som urbano invade os espaços.

Contagem, de Gabriel Martins e Maurílio Martins (MG)
SINOPSE – Um acontecimento, quatro pessoas e a cidade de Contagem.

Da Origem, de Fábio Baldo (SP)
SINOPSE – A posse de uma ferramenta separa um indivíduo da tribo. Isolado em um ambiente primitivo, ele luta contra a força de uma origem que está ligada à sua própria existência.

Dia Estrelado, de Nara Normande (PE) – estréia
SINOPSE – Animação pernambucana inédita.  Num lugar inóspito, um menino e sua família lutam pela sobrevivência.

Dona Sônia pediu uma arma para seu vizinho Alcides, de Gabriel Martins (MG)
SINOPSE – A vingança de Dona Sônia, uma dona de casa. Ela encontra em Alcides, seu vizinho, e em André, o realizador do documentário, a oportunidade de vingar a morte de seu filho. Um jogo de representações cinematográficas e sociais.

Élégie à Rimbaud, de Leo Pyrata (MG)
SINOPSE – “Elle est retrouvée.  Quoi ? – L’Eternité.  C’est la mer allée  Avec le soleil”.

La Lira de Maurília, de Alonso Pafyeze (SP)
SINOPSE – A partir da declamação de um poema feito para crianças por Cecília Meireles, uma pequenina menina dos confins do sertão, que tal qual o personagem do poema, apreende a beleza do entorno de seu ser, assimilando as novidades do processo cinematográfico e agindo como autora de si mesma.

Monja, de Breno Baptista (CE) – estréia
SINOPSE – Te coloco em uma prateleira da atemporalidade para tentar amenizar todo esse luto sem fim que não te aceita com o passado de jeito nenhum. Enquanto durmo, tomo cuidado para não ocupar teu lado da cama.

Na sua companhia, de Marcelo Caetano (SP) – estréia
SINOPSE – A
 noite e a solidão estão cheias do diabo. Ai vem você, e a agridoce vida.

O Hóspede, de Anacã Agra e Ramon Porto Mota (PB)
SINOPSE- Em uma pousada no interior da Paraíba, um estrnaho hóspede e um incidente misterioso deixam o proprietário inquieto e obcecado em descobrir quem é aquele homem e o que ele está fazendo ali.

O Pai Daquele Menino, de Raul Arthuso (SP)
SINOPSE – Márcio acredita que sua mãe tem um caso. Ou será coisa da sua cabeça?

Os Sapos, de Clara Linhart (RJ)
SINOPSE – Eles sempre voltam.

OMA, de Michael Wahrmann (SP)
SINOPSE – Ela fala alemão.  Eu falo espanhol.  Ela não escuta. Eu não entendendo. 

Ovos de Dinossauro na Sala de Estar, de Rafael Urban (PR)
SINOPSE – Ragnhild Bogomanero, 77 anos, estudou fotografia digital e fez cursos de photoshop e premiere para manter viva a memória de seu falecido esposo, Guido, com quem reuniu a maior coleção particular de fósseis da América Latina.

Porcelana, de Thiago Taves (MG) – estréia
SINOPSE – A fragilidade das relações de um homem e uma mulher, o maquiar de um sonho incompleto, a fuga de uma prisão.

Pra Eu Dormir Tranquilo, de Juliana Rojas (SP)
SINOPSE – Luís é um garoto de 8 anos. Dora, sua babá, faleceu há poucas semanas. Quando Dora reaparece escondida no armário de Luís, o menino precisa realizar grandes esforços para saciar a fome da babá.

Praça Walt Disney, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira (PE)
SINOPSE – Boa Viagem, Recife PE, 51111-260, Brasil.

Quando morremos a noite, de Eduardo Morotó (RJ)
SINOPSE – Inspirado no conto “A Mulher Mais Linda da Cidade”, do escritor Charles Bukowski, o filme conta a história de Raúl, um homem de meia idade que em sua primeira noite no Oeste Bar conhece uma menina de 19 anos, sem dúvida a mais cheia de vida que já encontrou.

Raimundo dos Queijos, de Victor Furtado (CE)
SINOPSE – Um oásis de gente nesse lugar revela outro lado da vida na cidade.

Roberto Cabeção, de Salomão Santana (CE)
SINOPSE – Meu tio Roberto tinha uma cabeça enorme.

Uma Primavera, de Gabriela Amaral Almeida (SP)
SINOPSE – No aniversário de 13 anos de Lara, sua mãe a leva para um piquenique no parque. Tudo vai bem, até a menina desaparecer, deixando a mãe no seu mais completo desespero.

Vó Maria, de Tomás von der Osten (PR)
SINOPSE – Uma memória em três tempos.

Zenaide, de Mariana Porto (PE) – estréia
SINOPSE – Lilith, demônio feminino da noite, tem um aspecto humano, mas também tem asas.

Curtas metragens selecionados – Hors Concours

Corpo Presente, de Marcelo Pedroso (PE)
SINOPSE – Aquilo que fazemos quando estamos diante de algo que, sabemos, vai desaparecer.

Di Melo – O Imorrível, de Alan Oliveira e Rubens Pássaro (PE)
SINOPSE – O documentário conta a vida e trajetória deste cultuado músico da soul music brasileira. Tendo gravado um único disco em 1975 e sumido, Di Melo reaparece depois de mais de trinta anos e declara-se “imorrível”.

Ela Morava na frente do Cinema, de Leonardo Lacca (PE)
SINOPSE -Pessoas mudam e se mudam.

Mens Sana in Corpore Sano, de Juliano Dornelles (PE)
SINOPSE – Garra, disciplina, tenacidade, força física e obediência. Estes são os tesouros guardados para que tenhamos uma vida mais plena e saudável. O seu corpo agradece!

Quarteto simbólico, de Josias Teófilo (PE)
SINOPSE – Em 1910, Le Corbusier escrevia na Alemanha seu célebre ensaio sobre os olhos que não vêem as novas formas da arquitetura moderna. Cem anos depois, no Recife, a imensa obra modernista de um arquiteto permanece irreconhecida. O que para Le Corbusier era uma necessidade e uma projeção, agora é um debate sobre o patrimônio, a preservação, a herança.

Curtas metragens – Competição Internacional

Bear, de Nash Edgerton (Austrália)
SINOPSE – Jack pensa fazer bem, mas às vezes as melhores intenções têm as piores conseqüências.

Cat Effekt, de Gustavo Jahn & Melissa Dullius (Brasil – Alemanha – Rússia)
SINOPSE – Uma mulher atravessa sozinha as ruas de Moscou, entra e sai de subterrâneos para chegar a uma reunião onde se projeta um filme sobre um gato.

Conference, de Norbert Pfaffenbichler (Áustria)
SINOPSE – Neste grotesco filme de arquivo, closes de atores interpretando Adolf Hitler em filmes feitos por volta de 1940 e hoje são combinados num estilo campo/contracampo.

Die Frau des Fotografen, de Karsten Krause & Philip Widmann (Alemanha)
SINOPSE – Gerti Gerbert foi fotografada pelo marido Eugene durante um período que abrange mais de 40 anos. Além das fotografias de família obrigatório, como seu dia do casamento, até sua morte, Eugene tirou fotos de inúmeras Gerti: de calcinha, com vestidos de verão caseiro, ou completamente nua, na praia, na mata, no carro ou no chão. Usando o arquivo, entrevistas com Gerti e notas de Eugene, o filme olha para o que resta de vida e de amor no final.

Dos, Por Favor, de Fabian Vasquez Euresti (Estados Unidos)
SINOPSE – O filme explora como os caminhos desviados da vida podem levar a impasses. Quando José é liberado da prisão, ninguém está lá para recebê-lo. Ele volta para casa e para um mundo que não existe mais. Ambos mudaram. E assim José se consola com a namorada. Ele finalmente encontra um velho amigo. Mas agora José tem que lidar com seu passado, antes que avance para o presente.

Electric Light Wonderland, de Susanna Wallin (Inglaterra)
SINOPSE – Uma discoteca móvel promete dar a você a melhor noite de sua vida.

Enterprise, de Mauricio Quiroga Kiro (Argentina – Bolívia)
SINOPSE – O homem, a cidade, a máquina. Uma vez no brinquedo, siga as instruções do operador.

Fourplay San Francisco, de Kyle Henry (Estados Unidos)
SINOPSE – Em São Francisco, uma prostituta travesti enfrenta um programa desafiador.

Girl, de Fijona Jonuzi (Suécia)
SINOPSE – Hanna, 32 anos, está no seu caminho para casa à noite uma tarde quando encontra um conhecido, Andreas, 20, que a convida para uma festa de um casal de andares acima no mesmo edifício. Quando entram no apartamento, Hanna percebe que a festa é composta por cinco meninos de 20 anos de idade.

I’m not the Enemy, de Bjørn Melhus (Alemanha)
SINOPSE – As noções de lar e família são pervertidas por um veterano de guerra sofrendo de transtorno de estresse pós traumático.

Incêndio, Karen Akerman e Miguel Seabra Lopes (Portugal, Brasil)
SINOPSE – Através de uma sequência inicial de rigorosos e misteriosos planos fixos, Seabra Lopes e Akerman introduzem-nos uma deliciosa comédia cosida com música clássica. O poeta é Goethe, o músico é Schubert. Os três alunos não estão pelos ajustes com o rigor da professora e vão mostrar-nos que “a melhor aula acaba com uma lição”. (Miguel Valverde)

Joule, de David Zamagni & Nadia Ranocchi (Itália)
SINOPSE – Joule é uma unidade de trabalho, energia e calor, algo que nesse caso pode ser sentido como uma oração, uma oferenda, um exercício de devoção e desapego. Cenas onde práticas diárias revelam-se um tipo de adoração, liturgia, relato tenso e econômico, localizado entre o político e o sagrado.

Junior, de Julia Ducournau (França)
SINOPSE – Justine, mais conhecida como Junior, é umamenina de 13 anos de idade, com espinhas e um senso de humor próprio. Ela é um tanto misógena. Depois de ser diagnosticada com gastroenterite, o corpo de Junior começa a passar por uma bizarra metamorfose.

Kommt ein Sonnenstrahl in die Tiefkühlabteilung und weicht alles auf, de Lisa Weber (Áustria)
SINOPSE – Café da manhã, seguido de ginástica no jardim, televisão à tarde. Heidi e Harry vivem uma vida parelela com uam apatia cuidadosa, mas há uma boa razão para essa indiferença.

Kwa Heri Mandima, de Robert-Jan Lacombe (Suíça
SINOPSE – A poesia do último instante reside no facto de nunca sabermos quando ele acontece. Não sabemos sequer se aquela despedida vai ser a última. E aos 10 anos muito menos. Nem se pensa nisso quando se parte para uma nova vida, noutro continente. Até se encontrarem filmagens da infância. Adeus Mandima.

Las Palmas, de Johannes Nyholm (Suécia)
SINOPSE – Uma senhora de meia-idade em férias no sol tenta fazer novos amigos e se divertir. O papel é interpretado por uma menina de um ano,  e os demais são marionetes.

Movimenti di un tempo impossibile, de Flatform (Itália)
SINOPSE – Os elementos deste filme estão as ruínas de uma casa, o primeiro movimento do Quarteto em Fa maior de Maurice Ravel, chuva, vento, neve e neblina. Um longo plano apresenta, numa sequencia fantasiosa, os quatro elementos meteorológicos em diferentes partes da ruina.

New London Calling, de Alla Kovgan (Estados Unidos)
SINOPSE – Uma tribo não-supervisionado de 75 crianças assume toda a cidade de New London, criando seus ritos e rituais através de jogos de rua.

Stardust, de Nicolas Provost (Bélgica)
SINOPSE – “Stardust”, filmado em Las Vegas, incorpora limites experimental entre ficção e realidade, com elenco de atores como  Jack Nicholson, Dennis Hopper, Jon Voight e Danny Trejo (o herói de “Machete”. Esta é a segunda parte da trilogia de Nicolas Provost, depois de “Ponto da trama”.

Sève, de Louise Botkay Courcier (Brasil – Haiti – França)
SINOPSE – Uma jovem adolescente se inicia no encontro com os espíritos do Vodu haitiano. Um mergulho no universo haitiano de hoje.

TSE, de Roee Rosen (Israel)
SINOPSE -Duas mulheres falam sobre suas preferências sexuais e experiências na cena DSM (dominação e sado-masoquismo) israelense.

The Voice of God, de Bernd Lützeler (Índia)
SINOPSE – Se Deus descesse a terra e tentar ganhar a vida em Bombaim, muito provavelmente ele iria muito em breve se tornar bem sucedido emprestando sua voz a milhares de filmes hindi e documentários do serviço público na Índia.

Wycieczka, Bartosz Kruhlik (Polônia)
SINOPSE -Ásia, 13 anos, vai numa excrusão com seu avô. Ele ensina-lhe como dirigir uma scooter, mostra-lhe a beleza da natureza. Ele tem também algo a dizer para ela.

Sem mais artigos