Divulgação

É oficial. O entrou mesmo em recesso. , líder do grupo, divulgou um comunicado através do Facebook contando aos fãs que os integrantes irão encerrar as atividades da banda por tempo indeterminado.

“Muitas vezes achei que a banda não sobreviveria. Muitas vezes pensei em terminar. Mas, não posso e nunca farei isso”, escreveu. “Não tenho certeza quando o Foo Fighters voltará a tocar de novo. Soa estranho dizer isso, mas é bom para todos nós ficar afastado por um tempo. Em alguns momentos, é bom colocar as coisas de volta na garagem”.

Ghrol está focado na produção de um documentário, Sound City, que também dará origem a um disco. A última grande aparição do grupo foi no encerramento do anúncio do iPhone 5, em São Francisco.

Sem mais artigos