Foto: Divulgação.

Evento é uma versão da francesa “Fête de la Musique”. Foto: Divulgação.

O Brasil vai comemorar o , versão da consagrada “Fête de la Musique” francesa. O evento acontece nos dias 20 e 21 de junho e terá mais de 100 shows em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de dezenas de outros shows em todo o Brasil através do circuito off. E ainda há chance para novos artistas e locais para shows, que podem concorrer a um prêmio de R$ 20 mil.

Bandas com produção autoral, locais e público podem participar se inscrevendo através do site. Os prazos vão até o dia 21 de abril para artistas e 5 de maio para espaços.

Os artistas selecionados para o circuito off do Dia da Música farão seus shows no dia 20 de junho em espaços culturais (bares, casas noturnas, teatros, escolas etc) espalhados pelo Brasil. No dia seguinte, 21 de junho, tocam em São Paulo e Rio de Janeiro os escolhidos pelos curadores e pelo público.

Em São Paulo, os curadores já confirmados são: Ângela Novaes (Brava), Dago Donato (Neu Club, Avalanche Tropical), Pamela Leme (Agência Alavanca), Mancha Leonel (Casa do Mancha), Rodrigo Lariú (Midsummer Madness, Play TV) e o MC Kamau. No Rio, o Circo Voador, a jornalista Lorena Calabria, os produtores Thiago Vedova e Márcio Bulk completam a lista.

O Dia da Música foi inspirado pela Fête de la Musique, que surgiu na França em 1982 para celebrar a chegada do verão no hemisfério norte. Hoje em dia mais de 700 cidades em 100 países realizam a festa simultaneamente.

Sem mais artigos