O DFB Festival, em Fortaleza, anunciou detalhes da edição deste ano. Como já vinha sendo feito no ano passado, o evento aumentou o olhar sobre todas as artes, além da moda, para incluir música, artes visuais e gastronomia na programação. Será de 9 a 12 de maio no Terminal Marítimo de Passageiros.

“Olhar a realidade através de todas as camadas, abrangendo todos os sentidos e todas as direções”, disse Claudio Silveira, diretor do evento, que segue como o mais importante encontro da moda autoral da América Latina. O realizador do DFB reforça que, “em tempos de temperatura elevada em todos os setores da nossa sociedade, é preciso se posicionar de forma positiva para garantir a máxima participação de todos os indivíduos, sem discriminação, censura ou limitação”.

O lineup cultural tem como epicentro o Palco Ceará Sobe o Som, que, no decorrer de 4 dias, receberá 8 shows e 4 sets de DJs convidados. Entre os destaques, a festa de abertura do DFB Festival 2018, na quarta, 09 de maio, apresenta a carioca Iza, uma das grandes novidades da música pop brasileira, a revelação As Bahias e a Cozinha Mineira, CIC e a paulista Karol Conka, encerrando o evento no sábado. Os shows são gratuitos.

O Espaço recebe, ainda, duas grandes performances de dança assinadas pela coreógrafa e bailarina Vera Passos – uma delas inédita no Brasil e já apresentada em solo norte-americano. Ampliando o cardápio musical, haverá concertos em versão menor, em palcos especiais, na área externa das salas de desfile.

Trecho do Concurso dos Novos. (Divulgação).

Hora da moda autoral

Com 19 anos de uma história fortemente ligada à tradição da indústria cearense de têxteis e confeccionados, o DFB Festival apresenta uma escalação composta por 38 desfiles de moda, entre nomes autorais, nacionais e criadores emergentes, distribuídos em três salas, com capacidade para 1.000, 800 e 600 lugares.

Entre as novidades, a parceria com a têxtil catarinense Lunelli, que desenvolverá uma série de ações no DFB, incluindo um desfile que marca o retorno de um ícone da nova geração de designers brasileiros: o paulista Dudu Bertolini.

No pavimento superior do Terminal Marítimo, uma outra novidade: o DFBeach Club, uma nova sala de desfiles, para 600 convidados com vista panorâmica para o entardecer no Oceano Atlântico, com programação exclusiva de moda praia. Por lá, passarão as estreantes Flee! e Hand Lace, além da praia deluxe da Bikiny Society.

Para fomentar o novo, o DFB realiza, desde 2001, o Concurso dos Novos, tradicional competição aberta a instituições de ensino superior e técnico de todo o Brasil. Em jogo, além do Trofeu DFB e do reconhecimento de um número expressivo de profissionais da imprensa especializada de todo o Brasil, um prêmio em dinheiro no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais). Nesta edição, as instituições participantes devem desenvolver coleções-cápsula com o tema: “Economia Circular: todos os ângulos da inovação e da renovação no pensamento e no fazer moda”.

Os talentos autorais ganham as passarelas do DFB Festival 2018. Novos nomes foram adicionados à programação, como a paulistana minimalista D-Aura; o projeto cearense Elo Collab, capitaneado por um trio de mulheres com foco em design sustentável; a cosmopolita Tanden e as apostas Jonhson Cavalcante, Bruno Olly, Ivanovick, Fábio Caracas e Herculano Marques (vencedor do reality show Comunidade:Moda em 2017).

Nomes da nova geração também retornam à programação do DFB Festival 2018: as cearenses Rebeca Sampaio e Gisela Franck, bem como a Riachuelo, que encerra o DFB.

Com realização compartilhada entre o DFB Festival e o Senac/Ce, o Dragão Pensando Moda (DPM) é um tradicional ciclo de encontros sobre moda, design, gastronomia e inovação e ocupa todo o Pavilhão do Conhecimento, no pavimento superior do Terminal Marítimo. A programação do DPM será aberta e receberá o estilista mineiro Ronaldo Fraga, Mario Queiroz, estilista e realizador do seminário Homem Brasileiro e convidados como o estilista David Lee, o designer Erico Gondim e a consultora de produtos educacionais do Senac/Ce, Eveline Costa., entre outros.

Sem mais artigos