cooke

Darwyn Cooke, um dos nomes mais celebrados dos quadrinhos norte-americanos, faleceu neste último sábado (14), aos 53 anos. Ele lutava contra um câncer e não resistiu a um tratamento contra a doença. “Lamento informar que Darwyn perdeu sua batalha contra o câncer às 1h30 desta madrugada. Faleceu repleto de amizade e rodeado de amigos e familiares em sua casa na Flórida”, escreveu o empresário do artista em seu blog oficial.

Nascido em Toronto, no Canadá, Cooke começou nos quadrinhos em 1985 quando publicou uma história curta na revista New Talent Showcase #19, da DC Comics. Só 15 anos depois é que ele seria alçado ao estrelato como uma das mentes mais criativas do mercado mainstream dos EUA. Seu traço limpo e bastante inspirado nos cartuns revelou obras como Mulher-Gato, Spirit, Batman: Ego e sua obra prima, DC: A Nova Fronteira. Também desenhou a adaptação dos romances policiais de Parker, ladrão criado por Richard Parker nos anos 1960. O primeiro volume (de quatro) foi lançado pela Devir no ano passado. Ganhou quatro Eisner Awards em toda sua carreira.

Atuou também na animação em desenhos como Batman: The Animated Series, Batman: Beyond e Superman: The Animated Series. Veja mais do trabalho do autor:

cooke5

cooke4

cooke3

cooke2

cooke6

Sem mais artigos