A Coleção Ugrito, do selo Ugra Press é uma daquelas surpresas que nos fazem perceber que o mercado brasileiro de quadrinhos já percorreu um longo caminho. As edições de bolso independentes trazem histórias curtas assinadas por nomes relevantes da cena de HQs no Brasil hoje. Os mais recentes acabam de sair e são assinados por Marcatti e André Pijamar (Seleção Natural) e Thiago Souto (Time Lapse).

Leia Mais
Um papo com Diego Sanchez, autor de Quadrinhos Insones
O pior de nós em Joan Cornellà

Os livros são inspirados nos Minitontos, produzidos por Fábio Zimbres na década de 1990. A ideia das edições da Ugra é fazer um panorama do quadrinho contemporâneo no Brasil hoje. E cumprem o intento com êxito. Da HQ autobiográfica de Cynthia B a escatologia de Marcatti, a diversidade de estilos é bem grande. E tudo bem baratinho: cada edição sai por R$ 7 no site da editora. Nos números anteriores teve gente do naipe de Rafa Campos, DW Ribatski, Gabriel Góes e Chico Félix.

Por tudo isso é que a coleção UGrito é um daqueles sustos que temos diante de algo novo e cheio de possibilidades. As HQs inéditas lançadas até aqui podem funcionar como ótima porta de entrada para o trabalho desses artistas, bem como o quadrinho independente nacional como um todo.

Em Time Lapse, uma das melhores HQs que li este ano, Thiago Souto reflete sobre a implacável passagem do tempo. Na trama o jovem protagonista se depara com um senhor de idade nos Correios com uma aparência bastante parecida com a sua. Ele inicia então uma caçada a esse seu “EU velho” quando começa a perceber que o tempo funciona. O passado começa a se “amontoar” para formar o tempo presente, semelhante ao time lapse.

É um gibi que transporta a metafísica da nossa relação do tempo para o desenho. E brinca com as relações entre passado e futuro para refletir sobre o quanto nossa vida é breve. Artista ainda jovem, Souto é autor de uma ótima HQ independente, Mikrokosmos, que também traz um olhar sobre a passagem do tempo. Sua próxima obra é a aguardada Labirinto, que deve sair ainda este ano.

Cena de Time Lapse.

Cena de Time Lapse.

Em Seleção Natural, sexto número da UGrito, temos Marcatti em seu ápice. Sua cesta básica de referências está aqui: escatologia, sujeira, um animal meio nojento (uma barata), secreções e uma mistura muito boa de terror/suspense e humor. A HQ foi feita em parceria com André Pijamar, filho do autor. Um dos maiores nomes dos quadrinhos brasileiros, Marcatti vem publicando suas histórias de forma independente desde o final os anos 1980. Ter sua presença na coleção a torna ainda mais indispensável.

Para adquirir os números novos e antigos da UGrito basta ir ao site da Ugra Press.

ugrito2

Sem mais artigos