A banda Cora lança o novo single, “Tulpa”, que apresenta o início de uma busca por uma mudança de sonoridade do grupo. É também a primeira vez que o grupo curitibano canta em português.

A Cora se prepara para lançar o disco de estreia, El Rapto, que sairá pelo selo PWR Records e tem produção assinada por Leonardo Gumiero. A banda já tem um EP divulgado, não vai ter cora!.

“O single é peculiar porque acredito que esteja fazendo uma ponte entre o que a Cora era e um caminho mais próximo à música eletrônica. É a primeira incisão de batidas eletrônicas, sintetizador analógico e a assinatura do Léo (Leonardo Gumiero) na produção, que tem um trabalho solo muito ligado à essa estética eletrônica. Ainda, é a estréia da banda cantando em português. Escrevíamos as letras majoritariamente em inglês, algumas em espanhol. Esse processo acontecia de forma muito orgânica e fluida. Agora, em português, as letras são mais precisas e bem trabalhadas”, completa Katherine Zander, apontando para as mudanças – que incluem a entrada da guitarrista Luíza Bueno.

A faixa fala do mito de Perséfone.

A deusa, segundo a narrativa, entrou em contato com substâncias alucinógenas enquanto colhia narcisos e, em estado de vulnerabilidade, ficou suscetível ao rapto. “A mesma vulnerabilidade que produzimos propositalmente quando sob o efeito de substâncias que deturpam os sentidos. São gatilhos para a criação de alegorias psíquicas imbuídas do impulso de vida”, comenta a vocalista Kaíla Pelisser.

Atualizado 10/04 às 6h02: a primeira versão do post dizia que a Cora era de SP, mas a banda é de Curitiba.

Sem mais artigos