Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Pouca gente sabe, mas o nome verdadeiro de Cazuza era Agenor de Miranda Araújo Neto. Pegando esse lado pouco conhecido do cantor, o projeto Agenor busca dar visibilidade à produção musical menos conhecida do ídolo. Lançado na internet, a coletânea Agenor – Canções de traz lados B e faixas raras.

A curadoria é da jornalista e apresentadora , que reuniu um time de novos nomes para prestar a homenagem. Estão presentes Do Amor, Tono, China, Domenico, Wado, Kassin, Letuce, Silva, Mombojó, Qinho, Catarina Dee Jah, Brunno Monteiro, Momo, Botika, Bruno Consentino, Felipe Cordeiro e China.

A produção é de Zé Pedro, da gravadora Jóia Moderna, responsável por outras coletâneas-homenagem dedicadas à Marina Lima, Péricles Cavalcanti e Angela Ro Ro. Entre as faixas raras de Cazuza resgatadas pelo projeto estão “Culpa de Estimação” (1987), cantada por China e “Vem Comigo”, tocada por Mombojó.

Escute duas músicas abaixo (via Trip) e aqui no site oficial é possível ver mais detalhes do projeto.

https://soundcloud.com/revistatrip/sets/agenor-can-es-de-cazuza

agenor

Sem mais artigos