"Tudo está perdoado", diz a chamada da nova edição. (Foto: Divulgação/Liberation).

“Tudo está perdoado”, diz a chamada da nova edição. (Foto: Divulgação/Liberation).

O jornal francês traz o profeta Maomé em sua nova capa desta semana. A chamada diz “Tudo está perdoado”, enquanto a faixa traz o bordão “Eu Sou Charlie” tão utilizado pelo mundo após o atentado que matou 12 mortos na semana passada.

A equipe do jornal trabalha na redação do jornal Liberatión. A charge da capa foi feita pelo cartunista Luz.

O próximo número do jornal terá tiragem recorde de 3 milhões de exemplares – a anterior foi de 1 milhão. Em média, o jornal tinha cerca de 60 mil cópias em sua fase anterior ao atentado. Segundo o jornal Liberation, esta edição será vendida em 25 países.

O tom da publicação, conhecida pela provocação, não será modificado. “Não cederemos em nada, senão tudo isto não faria sentido”, disse Richard Malka, advogado da publicação, em entrevista à AFP. “Rimos de nós mesmos, das políticas, das religiões, é um estado de ânimo”, disse.

Sem mais artigos