Studio 54, final da década de 1970. A irreverência das ruas e o glamour de grandes estrelas ditavam a moda dentro da casa noturna, que influenciou artistas como Yves Saint Laurent e Calvin Klein. Esta foi a inspiração para o Verão 2009 da Madame X.

O designer Verner Panton vai buscar nestas referências, a inspiração para sua nova coleção, que aparecem em formas arredondadas e assimétricas como golas, boleros, trapézios e estolas.

Vestidos luxuosos para a noite ganham tecidos leves como jersey, musseline, seda gazeada, cetim e shantung garantindo conforto e maleabilidade. Longos e soltos, eles vêm em um ombro só para as mulheres se sentirem como deusas gregas. Cintos metalizados e maxi-correntes em dourado dão um efeito drapeado nas roupas, remetendo à atmosfera disco.

Já a linha para o dia traz tecidos como algodão, linho stretch e cambraia, além de peças dupla face (azul escuro e xadrez) em tafetá tecnológico. Entram na cartela de cores o ouro, marinho e off white.

Destaque para o macacão com boca de sino em seda digitalizada com estampa de hibiscos desenvolvida em parceria com a designer Ana Milliet; uma homenagem às estrelas da época que usavam a flor como adorno nos cabelos.

Inspirado no Safári, pedras coloridas em acrílico ganham destaque, costuradas em peças de gaze de seda pura cortada a laser. Detalhes em organza, maxi pérolas e fitas de variados tamanhos e larguras trabalhadas artesanalmente permeiam a coleção, criando diferentes formas e efeitos nas roupas.

Os sapatos de festa de salto alto misturam tecidos nobres como cetim com cobra, lezard e organza. Para o dia, a marca aposta em sandálias abotinadas e gladiadoras.

Visitem: www.popmag.com.br

Sem mais artigos