Foto: Luiza Farias.

A terceira edição do Terreiro Musical traz show do Grupo de mulheres negras Casas Populares da BR 232, que comemora 12 anos de carreira. Composto por Carol Lopes, Joaninha Melo, Natália Lopes, Raquel Santana, Josi Caldas e Eric Caldas, o som do grupo trafega pelo Sertão, Agreste, Zona da Mata e Litoral do estado, brincando com cocos, forrós pé-de-serra, afoxés, cirandas e sambas de terreiro.

O nome da banda vem da estrada que é a principal via de acesso ao interior de Pernambuco. A musicalidade do grupo também reverencia manifestações de raiz de outros estados, como Bahia e Maranhão. Outras referências são o cancioneiro popular e de vanguarda brasileiro, e as sonoridades periféricas internacionais, especialmente africanas e latinas. Entrevistamos Natália, uma das integrantes da banda, para o nosso podcast.

O Terreiro Musical, que está em sua terceira edição, é um projeto do Centro de Capoeira São Salomão (Ponto de Cultura) que visa a valorização da música pernambucana e a formação de plateia (público). A próxima edição do Terreiro Musical acontecerá no próximo dia 12 de agosto, a partir das 21h, no Centro de Capoeira São Salomão, que fica localizado na Rua Amaro Gomes Poroca, 267, Várzea. Valor da Entrada R$ 15,00 (preço único). Maiores informações pelos telefones (81) 99172 1957 (Dani Gouveia) / (81) 99761 6984 (Gabi Apolonio).

Sem mais artigos