O desenhista e cartunista francês Jean Giraud, conhecido como Moebius, conhecido por clássicos como Blueberry e Incal morreu neste sábado (10) aos 73 anos, segundo informações de agências internacionais. Ele estava com a saúde bastante debilitada, disse uma fonte da família à emissora ‘Europe 1, citada pela EFE.

Moebius popularizou o gênero faroreste na França com as aventuras do seu tenente Blueberry, que assinou com o pseudônimo de “Gir”. Ganhou respeito da crítica especializada por obras seminais como A Garagem Hermética. Durante toda sua carreira colaborou em diversas revistas da França, trabalhando em diversos gêneros, sobretudo na ficção-científica, sua especialidade. Foi quando passou a assinar, enfim, como Moebius.

Um dos cartunistas mais imaginativos de todos os tempos, Moebius trazia em seus álbuns universos fantásticos, paisagens famosas por um alto nível de realismo e detalhe. Ele também desenhou a si mesmo, numa série conhecida como “Inside Moebius”. Participou ainda de produções no cinema, ajudando na criação de obras como Alien – O 8º Passageiro, de Ridley Scott, O Segredo do Abismo, de James Cameron e O Quinto Elemento, de Luc Besson. Na indústria de quadrinhos americano, ele fez algumas colaborações, sendo a mais famosa ao lado de outro mestre, Stan Lee, em uma aventura de Surfista Prateado.

No Brasil, suas obras voltaram às livrarias depois de anos fora de catálogo através de uma coleção da editora Nemo, estreante em quadrinhos. Até agora, três álbuns já foram lançados.

Moebius nasceu em 8 de maio de 1938 na cidade francesa de Nogent-sur-Marne. De família humilde, ele começou a trabalhar aos 15 anos. Ele foi reconhecido como melhor artista gráfico da frança nos anos 1990.

Foto: Divulgação

Sem mais artigos