Equipe de Breaking Bad toda reunida no palco. (Divulgação/Television Awards).

Equipe de toda reunida no palco. (Divulgação/Television Awards).

A série Breaking Bad, da AMC (exibido por aqui na Netflix e no AXN) foi o grande vencedor do Emmy Awards este ano. A premiação aconteceu nesta segunda (26) em Los Angeles e consagrou ainda como a melhor produção de comédia.

Breaking Bad ganhou praticamente todos os prêmios aos quais estava indicado, como melhor ator para , ator coadjuvante para Aaron Paul, atriz para , além de roteiro para série de drama pelo episódio “Ozymandias”. O seriado chegou ao fim no ano passado como um dos maiores fenômenos recentes da TV.

Modern Family venceu de novo como série de comédia. (Divulgação/Television Awards).

Modern Family venceu de novo como série de comédia. (Divulgação/Television Awards).

A série atropelou diversos favoritos, como , que emplacou seus dois protagonistas entre os indicados a melhor ator em drama. Também superou o favoritismo de , de na categoria de melhor ator coadjuvante. Desta vez, ninguém barrou a dupla Cranston e Paul.

Na categoria dos telefilmes e minisséries, que a cada ano traz produções sofisticadas e ovacionadas pela crítica, a surpresa foi , uma adaptação do filme dos irmãos Coen, ainda pouco conhecida por aqui. Nessa área, venceu como melhor atriz e sua colega de elenco, , como melhor atriz coadjuvante.

saiu como melhor telefilme, mas frustrou quem esperava prêmios para categorias de atuação. Nada menos que quatro membros do elenco concorriam como melhor ator coadjuvante, mas quem levou foi Martin Freeman, de Sherlock. venceu como melhor ator pelo mesmo seriado. A série da BBC já tinha vencido outros cinco prêmios nos Creative Emmys, os chamados “prêmios técnicos”, entregues antes.

Nas categorias de comédia, quase nenhuma surpresa. The Modern Family venceu prêmios por mais um ano, apesar de uma recente renovação na área com séries como Veep, Girls e Orange Is The New Black.

Atores de Sherlock, Martin Freeman e Benedict Cumberbarch, que nem estiveram no evento, saíram vencedores. (Divulgação).

Atores de Sherlock, Martin Freeman e Benedict Cumberbarch, que nem estiveram no evento, saíram vencedores. (Divulgação).

Falando nesta última, a Netflix frustrou suas expectativas em sair consagrada este ano. Suas produções originais saíram sem muitos prêmios, sobretudo o elogiado drama House Of Cards. A Academia norte-americana de TV ainda parece mostrar receio para destacar séries feitas para a internet.

Apresentada por Seth Meyers, o Emmy seguiu o tom comedido dos anos anteriores, sem muitos quadros, apresentações ou shows. O ponto alto além das entregas de prêmios foi a homenagem a Robin Williams, morto este mês e as paródias com as aberturas de séries feitas por Weird Al Yankovic.

Veja a lista de vencedores.

Melhor atriz principal em série de drama
Julianna Margulies – The Good Wife

Melhor ator principal em série de drama
Bryan Cranston – Breaking Bad

Melhor atriz coadjuvante em série de drama
Anna Gunn –Breaking Bad

Melhor ator coadjuvante em série de drama
Aaron Paul – Breaking Bad

Melhor atriz convidada em série de drama
Allison Janney – Masters Of Sex

Melhor ator convidado em série de drama
Joe Morton – Scandal

Melhor roteirista para série de drama
Moira Walley-Beckett – Breaking Bad

Melhor diretor para série de drama
Cary Joji Fukunaga – True Detective

Melhor série de drama
Breaking Bad

Melhor atriz principal em série de comédia
Julia Louis-Dreyfus – Veep

Melhor ator principal em série de comédia
Jim Parsons – The Big Bang Theory

Melhor atriz coadjuvante em série de comédia
Allison Janney – Mom

Melhor ator coadjuvante em série de comédia
Ty Burrell – Modern Family

Melhor atriz convidada em série de comédia
Uzo Aduba – Orange Is The New Black

Melhor ator convidado em série de comédia
Jimmy Fallon – Saturday Night Live

Melhor roteirista para série de comédia
Louis C.K. – Louie

Melhor diretor para série de comédia
Gail Mancuso – Modern Family

Melhor série de comédia
Modern Family

Melhor atriz principal em minissérie ou filme
Jessica Lange – American Horror Story: Coven

Melhor ator em minissérie ou filme
Benedict Cumberbatch – Sherlock: His Last Vow (Masterpiece)

Melhor atriz coadjuvante em minissérie ou filme
Kathy Bates – American Horror Story: Coven

Melhor ator coadjuvante em minissérie ou filme
Martin Freeman – Sherlock: His Last Vow (Masterpiece)

Melhor roteirista para minissérie, filme ou especial de drama
Steven Moffat – Sherlock: His Last Vow (Masterpiece)

Melhor diretor para minissérie, filme ou especial de drama
Colin Bucksey – Fargo

Melhor minissérie
Fargo

Melhor reality show de competição
The Amazing Race

 

Sem mais artigos