CARNAVAL 2010: O CIRCUITO OFF FICOU GIGANTE
Por Paulo Floro

O bloco Quanta Ladeira anun­ciou sua cole­tiva de imprensa para às 14h. De 13h30, can­ce­lou. Não con­firma sua apre­sen­ta­ção no Rec-Beat no domingo de Carnaval, mas alar­deia que não tem inte­resse em fazer o show, um dos mais lota­dos da folia reci­fense. Formado por músi­cos e enca­be­çado pelo can­tor Lula Queiroga, o bloco é o ícone da his­te­ria alter­na­tiva que se ins­ta­lou no Carnaval do Recife. Democrático, todos acham seu lugar na folia, sobre­tudo aque­las pes­soas que gos­tam de sen­tir espe­ci­ais e pre­fe­rem fre­quen­tar espa­ços ditos moder­nos e des­co­la­dos até nos dias de momo. O Quanta Ladeira ficou famoso por iro­ni­zar com a indús­tria mar­ke­teira que se tor­nou o Carnaval. “Tudo era uma anar­quia no começo”, lem­bra a pro­du­tora do bloco, Karina Hoover.

Valentina Finnochiaro: BBB10 – Confessions on the dance floor
Joana Coccarelli: Instruções para o caso de um ataque nuclear
Crítica: Sherlock Holmes
20 bandas brasileiras para ficar ligado em 2010
O humor feminino e bem-humorado de Vanessa Davis
Perfil: Fábio Zimbres
Crítica: Yeshuah — Assim Acima, Assim Embaixo
Artigo: Avatar
Crítica: Aline + Otto + Pedro
Crítica: Easy Rider
Lost — A sexta temporada

Sem mais artigos