Parte tiras do anti-herói brasileiro que vêm sendo publicadas há quase um ano no jornal Correio Popular, de Campinas/SP, vão integrar a próxima coletânea a ser lançada nos próximos meses pelo coletivo Quarto Mundo (clique nas miniaturas abaixo para ampliar).

Tatu-Man é uma criação de Bira Dantas, com assistência de sua filha de 10 anos, Thaís Araujo.

 

Nesta sequência, o cartunista presta homenagem ao personagem de historietas argentino El Eternauta, de Oesterheld e Solano López.

“Quando estive em Buenos Aires pude comprar a edição completa da primeira publicação da dupla. O roteiro é bárbaro. Fiz uma leitura dos invasores extraterrestres como os militares que deram o golpe na Argentina, torturaram e mataram tanta gente, inclusive Oesterheld e suas filhas (uma estava grávida). Tem um discurso forte anti-invasão, anti-tortura e uma fábula bacana sobre viagem no tempo e recursos temporais”, disse Bira ao Papo de Quadrinho.

O Tatu-Man já se encontrou com outro personagem clássico, o ranger Tex, no blog Texwiller.

Hoje (11), Bira Dantas lança em São Paulo o Ateneu, adaptação da obra de Raul Pompéia que produziu em conjunto com o roteirista Ronaldo Antonelli. O lançamento é na HQ Mix Livraria (Praça Roosevelt, 142, centro de São Paulo), a partir das 19h30.