Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Tag: Esquimó

Vale o Investimento: Wáluk

Waluk-Capa-Aberta1
“Hoje em dia, quando as mudanças climáticas já são uma realidade científica e as empresas de navegação de todo o mundo incluem rotas de verão no Ártico para seus barcos, enquanto os países da região lutam por recursos naturais como o gás e o petróleo, o mundo dos ursos desaparece e os vemos agarrarem-se a um pedacinho de gelo no meio do mar, esgotados de tanto nadar. Por isso, mais do que nunca devemos nos lembrar deles”, explica o roteirista de Wáluk, Emilio Ruiz já na introdução da HQ.

Wáluk é pequeno um urso polar que ao ser abandonado pela mãe segue faminto e desorientado até que conhece Esquimó, um velho urso sábio e paciente, que lhe ensinará como encarar os desafios da vida no Polo Norte. A partir daí, os dois viverão uma uma longa jornada em busca de alimento, enfrentando perigos, que para serem superados vão exigir coragem e amizade.

Waluk-Capa222A arte da ilustradora espanhola Ana Miralles é linda e dá leveza para a história. Além de quadrinhos Ana já desenhou para todas as mídias impressas, e ganhou destaque em 2009, quando recebeu o Grande Prêmio do Salão de Barcelona, em reconhecimento por sua profícua carreira no mundo dos quadrinhos.

Wáluk é uma HQ emotiva, que vai além da conscientização ecológica e toca em questões pessoais que afetam a todos nós: solidão, amizade e companheirismo. Recomendada para leitores de todas as idades, tem o preço camarada de R$ 34,00, o tratamento gráfico com aquele capricho já conhecido da Nemo e vale muito o investimento.

 

Vale o Investimento: A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit

Untitled-1A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit é uma das HQ mais bonitas e delicadas que este editor teve a chance de ler nos últimos anos.

Os Inuit são uma nação indígena esquimó que habitam as regiões árticas do Canadá, Alasca e Groenlândia. Estão em sintonia com seu meio ambiente há milhares de anos e tem suas tradições e costumes passados de geração em geração através da tradição oral.

A pequena Buniq é uma esquimó muito curiosa, que ao ouvir as aventuras de um contador de histórias que chega em sua aldeia, decide desbravar o “país dos homens”, como seu povo chama a região, e para se tornar uma “narradora”, cujo importante papel é contar histórias e entreter a aldeia.
Para empreender essa viagem de aprendizado, Burniq convence seu amigo Taq – uma aspirante a caçador – e seu avô Ukioq a seguirem com ela. Assim o trio esquimó parte em sua aventura no pais dos homens.

Inuit-Mythology-Project-Portraits_08Ao fazer uma parada para descansar numa aldeia, Buniq é sequestrada por um caçador violento que quer desposá-la à força. Taq sai em busca da amiga, mas ambos acabam presos em uma tempestade de neve e precisarão dos talentos se uma simpática xamã para sobreviverem.

A jornada apresentada de Burniq é conduzida de forma leve e emocionante, com uma arte belíssima. Aos poucos e de forma fluída o leitor descobre detalhes da mitologia, hábitos e tradições da cultura esquimó.

Untitled-2Uma história de amizade, amor, escolhas e descobertas, A Narradora das Neves é um convite para a emoção, na mesma linha de O Apanhador de Nuvens, que nos apresentou a cultura do povo dogon. Os dois álbuns já lançados pela Nemo fazem parte de uma coleção que narra histórias completas, passadas em diferentes lugares e culturas da Terra.

Os roteiristas – Béka é o pseudônimo da dupla francesa Bertrand Escaich e Caroline Roque. Ele nasceu em 1973, em St-Girons, e ela, em 1975 em Perpignan. Ela fazia seu doutorado em Biologia enquanto ele já escrevia roteiros para quadrinhos. Quando vence um concurso de arte em Toulouse com um de seus romances, Caroline abandona de vez as ciências. Unidos na paixão pelas danças africanas, Caroline e Bertand criaram juntos várias séries de sucesso que já ultrapassaram um milhão de exemplares vendidos.

O desenhista – Marc Armspach, conhecido como Marko, nasceu em 1969 em Bordeaux. Ilustrador e produtor audiovisual, foi vencedor do prêmio “Jovens autores” do Salão de Artes, em 2001 e, em  2003, tem outro trabalho premiado: o álbum “Garxot”, vencedor do Festival Mediterrâneo de Ajaccio, co-produzido com Asisko Urmeneta. Em 2009, seu álbum “Godillots” recebe o prêmio “melhor álbum” no Salão de Bédécines. Em seguida lança-se em uma turnê mundial com os Béka pela coleção Geo. Sua arte, delicada e expressiva, caiu como uma luva nesta HQ.

A Narradora das Neves: Uma Aventura no País Inuit (Editora Nemo) de Béka com desenhos de Marko e cores de Maëla Cosson, foi traduzida por Fernando Scheibe, tem 48 páginas e o preço camarada de R$ 24,00. Uma HQ linda, vale o investimento.

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2021