Revista O Grito!

Papo de Quadrinho — O Grito! Blogs – Quadrinhos

Author: Jota Silvestre (Page 2 of 81)

4 minutos de Lanterna Verde

Finalmente, a Warner liberou algo mais do que o primeiro trailer do filme – que, aliás, desagradou muitos fãs pelo suposto tom “humorístico”.

Para tirar a cisma, este vídeo de quatro minutos com cenas exibidas durante a WonderCon nos Estados Unidos traz várias passagens inéditas e provam que o longa está, sim, sendo levado a sério.

Os fãs, este editor inclusive, podem voltar a respirar aliviados.

Muito bem! Você encontrou a imagem da promoção Lanterna Verde da Panini. Corra na página da editora no Facebook e informe esta URL:

http://revistaogrito.com/papodequadrinho/2011/04/02/4-minutos-de-lanterna-verde/

A volta da Luluzinha clássica

Depois de quase dois anos do bem sucedido lançamento da versão adolescente da famosa personagem e sua turma, a Pixel decidiu investir no original.

Chega hoje às bancas a primeira edição de Luluzinha, publicação mensal em formatinho (13,5 x 19 cm), miolo em papel jornal e preço de R$ 3,10.

A revista nacional terá o mesmo conteúdo das coletâneas em formato de livro que a Dark Horse vem publicando nos Estados Unidos, todas reedições de material clássico.

A diferença é que a publicação da Pixel será colorizada no Brasil e, no início, trará material praticamente inédito – já que algumas histórias só serão relançadas nos Estados Unidos em maio.

O foco da editora são crianças de 6 a 10 anos, mas não há dúvida de que deve atrair os adultos também – ou seja, duas faixas de público que não são impactadas diretamente pela versão teen da personagem. A tiragem é ambiciosa para os padrões brasileiros: 40 mil exemplares por mês.

Além das histórias, Luluzinha trará passatempos encartados. A edição de estreia vem com um brinde: um almanaque de 32 páginas com a origem e perfil dos personagens, também acompanhado de passatempos.

Luluzinha foi criada em 1935 pela artista Marge Henderson e estreou, em formato de tira, no jornal The Evening Post.

Para marcar o lançamento, acontece amanhã (2), uma “sessão de autógrafos” na Livraria Cultura do Shopping Market Place (Av. Dr. Guilherme Chucri Zaidan, 902 – São Paulo) e uma exposição, até o dia 7 de maio, no MuBA (Rua José Antônio Coelho, 879 – Vila Mariana – São Paulo), com 29 painéis e peças de memorabília da personagem.

Papo de Quadrinho viu: RIO

Photobucket

por Gabriela Franco, especial para o Papo de Quadrinho

Para manter a tradição de respeito ao leitor, essa nota não contém spoilers.

A convite da Fox, o Papo de Quadrinho assistiu ao filme em 3D, em uma sessão exclusiva para jornalistas.

A nova animação da Blue Sky, RIO, dirigida pelo brasileiro Carlos Saldanha (A Era do Gelo) deveria ser recomendada por especialistas a todo brasileiro depressivo com os problemas do País. Não querendo anular os motivos (que são muitos) de meus conterrâneos, mas às vezes precisamos ver as coisas por um prisma mais otimista, apesar dos pesares.

RIO é uma divertidíssima comédia sobre manter bom humor frente às adversidades e sobre assumir riscos na vida, coisas nas quais o povo brasileiro é PHD, diga-se de passagem.

Blu é uma arara domesticada que nunca aprendeu a voar e tem uma vida tranqüila e cheia de mimos ao lado de Linda, sua dona e melhor amiga, na pequena e gélida cidade de Moose Lake, Minnesota, Estados Unidos.

Para Linda, Blu é a última arara de sua espécie – a raríssima “ararinha azul” Cyanopsitta spixii -, considerada extinta na natureza e cujo último exemplar desapareceu em 2000, restando pouco mais de 60 indivíduos criados em cativeiro, a maioria fora do Brasil.

Logo, Linda fica sabendo que existe uma fêmea (Jade) à espera de seu amigo, na cidade do Rio de Janeiro, para garantir a sobrevivência da espécie. É aí que começa toda a confusão. Mal chegam a seu destino e são seqüestrados por um bando de atrapalhados contrabandistas de pássaros exóticos.

Blu e Jade fogem, assessorados por um grupo de pássaros de quem acabam se tornando grandes amigos. Agora, com a ajuda desses novos companheiros, Blu precisa despistar os sequestradores, encontrar sua dona e finalmente superar o grande desafio de sua vida: aprender a voar.

Logo nas cenas de abertura, dá para sentir que Rio é um projeto grandioso. Concebido por Carlos Saldanha, um carioca que fez sucesso nos estúdios da Pixar, a animação é uma canção de amor à Cidade Maravilhosa e ao modo brasileiro de encarar a vida. É muito colorido, engraçado e passional, com diálogos rápidos e gírias e regionalismos tipicamente cariocas.

O elenco é sensacional e conta com Anne Hatheway como Jade, Jesse Einsenberg (A Rede Social) como Blu, Rodrigo Santoro como Túlio, o ornitólogo responsável pelo encontro das ararinhas, Will i. am como um pássaro funkeiro e Jamie Foxx é Nico, o canarinho. A trilha sonora é um espetáculo à parte, com participação de Carlinhos Brown, Sergio Mendes (que empresta sua versão de “Mas que Nada” de Jorge Benjor para ser a música-tema), Ivete Sangalo, Rihanna e Will.i.am, do Black Eyed Peas.

O que falar sobre a animação? É praticamente perfeita, de tirar o fôlego. Paisagens do Rio de Janeiro foram reproduzidas com exatidão fotográfica e as texturas e cores exuberantes dos pássaros são impressionantes.

O mais interessante é que o roteiro de RIO não é utópico; ao contrário, retrata a realidade brasileira em sua totalidade, mostrando toda complexidade, riqueza, dificuldades e defeitos do povo brasileiro, sem nunca sair do contexto, com leveza, bom humor e doçura, como cabe a uma animação de primeira linha.

RIO tem todas as razões para ocupar o posto de novo orgulho nacional, já que nosso futebol não anda lá essas coisas ultimamente. É um filme para todas as idades e deve ficar no rol das grandes animações já produzidas.

Estreia hoje (1º de abril), nos cinemas de todo o País.

Lançamento da Mundo dos Super-Heróis 26 neste sábado

Photobucket
O editor Manoel de Souza e sua equipe vão se encontrar com os leitores neste sábado, 2 de abril, na Comix Book Shop, em São Paulo, para bater papo, esclarecer dúvidas e comentar a nova fase da revista Mundo dos Super-Heróis.

A edição 26, que já está nas bancas, traz como matéria de capa o seriado Smallville e vem provocando as mais diferentes reações nos leitores. A partir deste mês, a Mundo dos Super-Heróis vai ampliar seu conteúdo e passar a tratar com mais ênfase outros temas relacionados à cultura pop, como filmes, seriados e desenhos animados. A revista ganhou também novo projeto gráfico.

SERVIÇO:
Lançamento da revista Mundo dos Super-Heróis 26
Dia 2 de abril
Das 14h às 17h
Local: Comix Book Shop (Alameda Jaú, 1998 – Cerqueira César – São Paulo – SP – Entre as estações Consolação e Clínicas do Metrô)

Novo spot do filme Thor

O video de um pouco mais de meio minuto divulgado hoje (28) traz cenas inéditas.

Da mesma forma que, na semana passada, o trailer do Capitão América impressionou os fãs pelas imagens do herói lançando seu escudo, neste novo spot do Deus do Trovão é Mjolnir, o martelo místico, que ganha destaque.

Thor estreia no Brasil dia 29 de abril, uma semana antes de chegar aos cinemas americanos.

Nova tira da Luluzinha Teen

Photobucket

Batman enfrenta Superman em “Os Bravos e os Destemidos”

Photobucket

Uma das maiores qualidades do atual desenho animado do Homem-Morcego é a participação especial de um grande número de heróis e vilões da DC, muitos deles clássicos ou obscuros.

Ao longo das duas temporadas e em meio a personagens mais conhecidos, também desfilaram pela animação nomes como Homem-Borracha, Starro, Pen Dragon, Kamandi, Rei Relógio, Combatentes da Liberdade, Senhor Milagre, Bat-Mirim, Sindicato do Crime, Tigre de Bronze, Remendo Maluco…

Uma das perguntas que se fazia era: quando Batman irá se encontrar com os medalhões Superman e Mulher-Maravilha?

Bem, isso acaba de acontecer, pelo menos em parte, no primeiro episódio da terceira temporada, que foi ao ar no Cartoon Network dos Estados Unidos na última sexta-feira (25).

Battle of the Superheroes apresenta Batman em visita a Metrópolis e seu encontro com Superman, Lex Luthor, Lois Lane e Jimmy Olsen. Por meio de uma matéria de Lois, vemos Batman e Superman, em flashback, atuando lado a lado no melhor estilo “Os Melhores do Mundo”.

De volta ao presente, o Homem de Aço sucumbe a um plano de Luthor e, depois de ser exposto à kryptonita vermelha, transforma-se um verdadeiro tirano. Somente Batman poderá distraí-lo até que a estranha radiação perca o efeito.

É aí que “Os Bravos e os Destemidos” mostra por que é um desenho acima da média e exibe outra de suas qualidades: a homenagem a momentos marcantes de Batman, seja na TV, quadrinhos ou cinema.

Photobucket

Neste caso em particular, a batalha entre Batman e o enlouquecido Superman reproduz a mesma luta de “O Cavaleiro das Trevas”, com direito não só à bat-armadura, mas também a cenas nitidamente copiadas da HQ de Frank Miller.

O próximo episódio (1º de abril) voltará a fazer nova homenagem, desta vez a um desenho animados dos anos 1970 quando Batman encontra ninguém menos que Scooby-Doo.

Infelizmente, o produtor-executivo James Tucker anunciou que esta será a última temporada, de apenas 13 episódios (metade das anteriores). Uma pena, pois como já disse um leitor deste blog, Os Bravos e os Destemidos “é ótimo porque incorpora o que de melhor do passado com vista para o século XXI”.

Revista Mundo dos Super-Heróis anuncia mudanças

Ao longo de quatro anos e 25 edições, a Mundo dos Super-Heróis, da Editora Europa, firmou-se como a principal revista brasileira sobre histórias em quadrinhos.

A partir de março, a publicação passa por mudanças, com a ampliação dos assuntos e modernização do projeto gráfico.

Segundo o editor Manoel de Souza, o objetivo é alinhar o conteúdo da revista à atual tendência do crossmedia, em que seriados, longas-metragens, desenhos animados e jogos eletrônicos estão todos interligados.

“Os leitores de quadrinhos têm interesse também por outras mídias. E quem lê super-heróis normalmente consome outros gêneros, que vão das revistas do Mauricio de Sousa a DVDs e livros de ficção científica. A ideia é oferecer um cardápio mais variado”, avalia.

A publicação também ganhará um novo projeto gráfico que vai priorizar o equilíbrio entre texto e imagem.

“Nós concluímos que o novo conteúdo merecia uma nova embalagem. Vamos manter o rigor na apuração e o aprofundamento dos assuntos que os leitores estão acostumados, porém numa diagramação mais lúdica, fluida e fácil de ler”.

Para marcar a nova fase da Mundo dos Super-Heróis, a matéria de capa da edição 26 será dedicada a Smallville, o seriado sobre as aventuras do jovem Superman que será encerrado este ano, após dez temporadas.

“Parece uma escolha radical, mas não é. Smallville é a série originária dos quadrinhos mais longa e bem sucedida da TV. É um grande exemplo do crossmedia”, afirma.

Souza também avalia que os leitores vão aprovar as inovações. “Vamos manter nosso padrão de reportagens. A matéria será voltada ao público de quadrinhos e cultura pop, não aos interessados em fofocas sobre os atores”.

A edição vai manter as seções que consagraram a revista junto aos fãs de quadrinhos, como, por exemplo, a cronologia década a década do super-herói Thor (que ganha as telas dos cinemas em maio), um perfil do vilão Darth Vader, de Guerra nas Estrelas e a biografia do desenhista Alex Toth, entre outras reportagens.

A Mundo dos Super-Heróis tem 100 páginas, periodicidade bimestral e custa R$ 14,90.

Gal Editora estreia blog

Em menos de três anos, o editor e amigo Maurício Muniz trouxe um bom número de títulos do mercado alternativa de quadrinhos para o Brasil. A previsão para este ano também promete.

Para aumentar o diálogo com os leitores, a editora colocou no ar esta semana seu blog (confira aqui).

O conteúdo que já está no ar traz o prólogo completo de uma das melhores HQs de 2010, O que aconteceu ao homem mais rápido do mundo?, a capa brasileira do próximo lançamento, Ghost World, de Daniel Clowes, e o link com a entrevista do editor para a rádio Alpha FM.

As próximas postagens devem trazer informações sobre outras novidades da Gal: Combate Inglório, Nação Fora-da-Lei, Zumbis e a aguardada conclusão de Fracasso de Público.

Vale a pena ficar de olho.

Novo trailer de Captain America: First Avenger

Não é bem um trailer oficial, e sim uma montagem exibida nesta terça-feira (22) pelo programa americano Entertainment Tonight.

O bacana é que o vídeo tem cenas inéditas, inclusive a mais comentada pela comunidade nerd: Capitão América lançando seu escudo. Cool!

Papo de Quadrinho é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2021