Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Categoria: Cofre (Página 2 de 2)

Cofre: Os Olhos do Gato, de Alejandro Jodorowsky e Moebius

Escrita por e desenhada por , a HQ Les Yeux du Chat (Olhos do Gato) ganha uma nova edição este mês pela editora Humanoide Associés. Lançada originalmente em 1987, a obra teve mais duas edições posteriores na Europa. Uma delas em 2011, em formato de luxo, com 30cm x 40cm. Esta versão, no entanto, é a que mais se aproxima do original do final dos anos setenta.

Com 56 e preto e branco, a HQ custa 24,95 euros e pode ser encomendada em sites como Amazon e Barnes&Nobles. A obra é considerada uma das mais importantes parcerias entre Jodorowsky e Moebius (que fizeram juntos Incal). No Brasil, teve uma edição em 1987 pela Martins Fontes, que pode ser encontrada em sebos. Veja a sinopse da edição nacional.

Ela começa com a figura de costas, enquanto a ave parte. Corte para a cidade. Repete o take da figura de costas, agora sem o pássaro e sua espera no campo, enquanto no contracampo a viagem alada se desenvolve, até se reencontrarem na mesma linguagem final, o campo e contracampo se completando e atingindo o desfecho surpreendente. (…) Essa modernidade/clássica só poderia ser concebida por dois revolucionários que dominam diversos meios de expressão, como Jodorowsky e Moebius, artífices dos quadrinhos, da literatura, do teatro e do cinema, do desenho delirante, do texto insólito. Uma obra-prima. Um marco no mundo dos quadrinhos.

Com o recente relançamento que Moebius vem recebendo no mercado editorial brasileiro, a obra deve chegar por aqui em breve.

Cofre: Silver Surfer – Parable, de Stan Lee e Moebius

A popularidade de anda mais nos EUA em alta depois de sua morte, no início deste ano. Agora, a Marvel relança a edição de luxo em capa dura da aventura mais conhecida do Surfista Prateado, desenhada pelo mestre francês e escritor por . A HQ vem ainda com o extra The Enslavers, feita por Stan Lee e John Buscema. O preço fica por 24,99 dólares.

No Brasil, a HQ foi publicada na série Graphic Novel, da Abril, em maio de 1989, mas ainda espera uma edição à altura que ganhou nos EUA. Na real, o Surfista Prateado é um personagem que poderia ganhar mais atenção tanto da Marvel quanto da Panini. Ele não tem o mesmo apelo que muitos figurões, mas ainda há muito material a ser publicado por aqui.

A edição americana acaba de chegar às comic shops americanas e pode ser importada pela Amazon ou pela Livraria Cultura.

Cofre: Sonhos em formato HQ de Hans Rickheit

Fiquei muito curioso com o trabalho de Hans Rickheit, quadrinhista americano que ganhou moral entre amantes de graphic novels indies com The Squirrel Machine (2008). Ele começou publicando suas próprias HQs em edições xerocadas, antes de lançar seus álbuns pela . O mais recente é Folly: The Consequences of Indiscretion.

Rickheit se inspira em sonhos para desenhar suas histórias que são verdadeiros painéis nonsense — um tanto desconcertantes, pra dizer a verdade. Entre os temas abordados neste novo livro estão sexo, morte, família. Não é nada leve, mas é um autor para ser descoberto. Esse novo livro custa 19 dólares e tem 144 páginas (pode ser encomendado para o Brasil).

Cofre: The Wolf Man, de Richard Appignanesi and Slawa Harasymowicz

” é o nome da seção em que falo sobre lançamentos – gringos ou não – que estão entre os sonhos de consumo do bom colecionador de quadrinhos que se preze! Então, vamos lá.

A HQ Wolf Man trata de um dos mais famosos casos do psicanalista Sigmund Freud, o aristocrata Sergei Pankejeff, mais conhecido como “Wolf Man”. Além de mostrar o cotidiano do pai da psicanálise, o livro faz um apanhado interessante da neurose. A arte da polonesa impressiona com seu uso do lápis e é um nome para ser descoberto. O lançamento do livro é da editora indie inglesa SelfMadeHeroes – facilmente encontrado pela internet – ao custo de 14 euros.

Cofre: Krazy & Ignatz: The Complete Sunday Strips 1916-1924, de George Herriman

A acaba de anunciar o tijolo que toda coleção de respeito deveria ter. Krazy & Ignatz: The Complete Sunday Strips 1916-1924, de George Herriman traz o início da legendária tira. Em 600 páginas em preto e branco, o livro reúne os primeiros nove anos da tira dominical lançada nos EUA.

Para aumentar ainda mais a distonia entre os fãs, a coleção tem design assinado pelo quadrinhista Chris Ware. Entre os bônus estão hitórias raras, 10 tiras coloridas e prefácio explicativo da importância da HQ. é uma das tiras mais famosas no mundo e foi publicada até 1944. A história mostra um triângulo amoroso esquisito, com traços de nonsense e surrealismo.

O livrão de capa-dura tem 600 páginas e custa 95 dólares. E este é o primeiro de três volums. Vende aqui.

Página 2 de 2

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020