Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: tintim

Tintim ganha dois novos livros este ano e uma HQ inédita em 2052

lepoint_tintin

Duas novidades de nas importadoras. As revistas francesas Historia e Le Point lançam uma edição especial com o personagem.

Tintin Et Les Forces Obscures tem capa dura, 130 páginas e aborda as tais “forças obscuras” nas aventuras do personagem, como sociedades secretas, extraterrestres, ocultismo, telepatia, entre outros. Vem ainda com um artigo sobre , criador do herói e bibliografia. Custa 8,90 euros.

Já o livro Les Trésors de Tintim, publicado pela Éditions Moulinsart, traz texto de Dominique Maricq. A obra é de fato um tesouro para os fãs de Tintim, pois traz documentos raros de Hergé, como cartas, esboços e páginas inacabadas, além de estudos de cores e arte-final das HQs. Tem 96 páginas, capa alcochoada e papel de alta qualidade.

Ainda conta com um fac-símile da primeira aparição de Tintim, no suplemento Le Petit Vingtième. O livro custa 29,95 euro. [Via UHQ]

Ainda sobre Tintim, o jornal francês Le Soir e a editora franco-belga informaram que receberam autorização da administradora do espólio de Hergé para publicar um novo álbum. Mas apenas em 2052!

É que em 2053, ou seja, daqui a 40 anos, completa-se 70 anos da morte de Hergé e por isso, Tintim passa a ser de domínio público. A Moulinsart, empresa que administra as HQs de Tintim e a Casterman se comprometeram em lançar um ano antes um álbum inédito como forma de “proteger” a obra.

A ideia da editora é estabelecer um parâmetro antes das dezenas de obras que deverão vir assim que Tintim entrar em domínio público. Isso colocaria uma “distinção” entre a editora original do personagem e as demais. [Via Omelete]

Um Tintin não-oficial, mas brilhante

Animação incrível feita pelo maior fã do Tintin, James Curran. Ele fez uma cena de abertura não-oficial para a nova versão do longa produzida por Steven Spielberg. No vídeo, elementos de todos os 24 álbuns do personagem.

Museu de Tintim não vai ser chapa branca

Depois de 17 milhões de euros gastos, será inaugurado próximo dia 2 de junho, o Museu de , um projeto que data desde os anos 1990, anunciado em 2001, mas só agora finalizado. Será na cidade belga de Louvain-la-Neuf.

O jornal El País fez uma matéria sobre o assunto. O diretor do local Laurent de Froberville, tentou pormenorizar as questões polêmicas que envolvem o autor e sua maior criação. O que ele fala:

Las tensiones existentes sobre ese formidable legado afloran “ahora que se acerca la película de Steven Spielberg” sobre el personaje, apunta De Forberville. En juego está que los herederos de Hergé se separen de la editorial que siempre publicó a Tintín.

Essas polêmicas chegaram aqui com certa parcimônia, apesar da imprensa especializada ter levantado o assunto.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020