Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: Polícia

Chuva + protesto: Três fotos do Centro do Recife

Tirei essas fotos quando passei pela Conde da Boa Vista, no Centro do , ainda de manhã. Momentos depois, o que parecia um protesto pacífico de estudantes contra o aumento de 6,5% das passagens de ônibus se transformou em violência gratuita com direito aos clichês de : spray de pimenta, bombas de efeito moral, balas de borracha, prisões e uma gravata. Tem mais detalhes nessa cobertura.

Uma gravata oficial do Estado de Pernambuco

O que dizer dessa foto vergonhosa tirada por André Nery (Folha de PE) durante os protestos dos estudantes contra o aumento de passagens?

Téta Barbosa tem algo a dizer, que resume bem:

Quando assisti, na televisão, um policial militar carregando uma estudante de vinte e poucos anos pelo pescoço, nos dias de hoje, na minha cidade, pensei: “vou abrir um fã clube de Teló e confeccionar mamãe-sacodes para distribuir com as amigas”.

Porque, caro colega da minha geração, se o preço a se pagar por uma classe artística de qualidade for a falta de liberdade de expressão dos jovens e cidadãos do , vou ser a primeira a dançar “ai, se eu te pego”em praça pública com direito a coreografia.

Tentei ser imparcial, isenta de partidarismo, fria e calculista, mas, diante da cena eu pergunto:

– Que porra (com licença da palavra de baixo calão) está acontecendo no Recife?

Como um protesto pacífico contra o aumento de passagens se trasformou no novo AI5?

Lê o texto completo.

Triste sábado

Do JC Online

A invadiu por volta das 20h50 a casa onde um homem fez a própria família refém na Rua Frederico, no Bairro da Encruzilhada, Zona Norte do , na noite deste sábado (19). Ambulâncias saíram do local com o acusado de balear as duas filhas adultas. A morte de uma delas, que era casada e mãe de dois filhos, foi confirmada e o corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML).

Acir de Oliveira Correia, de idade ainda não revelada, se matou com um tiro na nuca. Após ouvir o disparo, a polícia entrou na casa. Ele ainda foi socorrido para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, mas não resistiu ao ferimento. A morte foi constatada pelo médico logo que ele deu entrada na emergência da unidade de saúde.

No momento em que me organizava para cobrir o show de Cyndi Lauper, no Chevrolet Hall, chegou à redação a notícia de que um homem, possivelmente inconformado com o fim do casamento, decidiu fazer as filhas de refém em sua casa. Muito triste. Mais ainda porque nessa mesma rua mora uma tia minha, e era o lugar onde passava muito tempo na época do colegial, prestes a entrar na universidade. A vizinhança é muito tranquila, tem um bonito parque próximo, uma aparente atmosfera de tranquilidade e normalidade ao gosto da classe média que escolheu o lugar para manter casarões longe do caos urbano, mas sem se afastar muito do Centro. Nunca mais será o mesmo.

E Recife está colando à sua imagem casos pitorescos e absurdos de violência. Triste. Muito triste.

A foto é de Clemilson Campos.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020