Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Tag: OccupyWallStreet

A personalidade do ano da Time

Nem Steve Jobs póstumo, nem políticos europeus, a da revista é o manifestante. Achei muito bom!

Alan Moore comenta opinião de Frank Miller sobre o Occupy Wall Street

Bem, é alguém cujo trabalho eu mal conferi nos últimos 20 anos. Eu pensava que as coisas de Sin City fossem misoginia reconstruída, 300 parecia ser forte homofobia “a-histórica” [não histórico] e completamente equivocada. Eu acho que provavelmente houve uma aparente sensibilidade desagadrável no trabalho de por um bom tempo. Considerando que eu não tenho nada a ver com a indústria de quadrinhos, não tenho nada a ver com as pessoas nela. Eu ouvi sobre as últimas efusões relacionadas ao Movimento “”. É o que eu esperaria dele. Sempre pareceu a mim que a maior parte do ramo de quadrinhos, se você tivesse que posicioná-los politicamente, você teria que chamá-los de “center-right”* [algo com um centrismo direitista]. O que seria o mais longe em direção ao ponto liberal do espectro que podem ir. Eu nunca estive de forma alguma, eu sequer sei se eu sou “centre-left” [um centrista de esquerda]. Eu sempre fui sincero sobre isso desde o começo da minha carreira. Então sim, eu acho que seria justo dizer que eu e Frank Miller temos visões diametricamente opostas sobre diversas coisas, mas certamentamente sobre o Movimento “”.

O debate continua quente. Alan Morre deu a declaração ao site Honest Publishing rebatendo as opiniões de Frank Miller sobre o movimento Occupy Wall Street, que acontece há mais de três meses nos EUA. “Acho que o movimento Ocuppy é, de certa maneira, as pessoas dizendo que elas deveriam ser aqueles a decidir quem é grande demais. É um grito de indignação moral completamente justificado, e parece estar sendo conduzido de maneira inteligente e não-violenta. Essa é provavelmente outra razão pela qual Frank Miller não esteja satisfeito. Tenho certeza que, se fossem um grupo de jovens sociopatas, com a máscara do Batman em seus rostos, ele estaria a favor”, disse.

Miller criticou os manifestantes do movimento mês passado quando disse que eles eram “nada mais do que um bando de arruaceiros, ladrões e estupradores, uma multidão incontrolável, alimentados pela nostalgia da Era de Woodstock e falsa justiça”. Miller promove atualmente sua nova HQ, Holy Terror, onde um vigilante luta contra a Al-Qaeda. [Via UniversoHQ. Tradução da entrevista que abre o post pelo Melhores do Mundo]

Alan Moore comenta uso da máscara de V de Vingança no #Occupy

“Aquele sorriso é tão assustador. Tentei usar a natureza enigmática desse sorriso para efeito dramático. Podíamos mostrar uma imagem do personagem apenas parado em pé, silencioso, com uma expressão que podia ser de alegria ou de maneira mais sinistra. Ver máscaras com os manifestantes faz com que eles se pareçam um único organismo, esse tal de 99% de que ouvimos tanto falar. Nesse sentido é formidável, posso ver o motivo de estarem usando a máscara”

, no The Guardian, comentando o uso das máscaras criadas por ele para a HQ no movimento #. Vi no UniversoHQ.

Os cachorros no OccupyWallStreet

Os cães também foram às ruas protestar contras as corporações. Tem mais no BuzzFeed.

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020