Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Mês: março 2014 (Página 1 de 2)

Os Simpsons voltam ao Brasil em episódio sobre a Copa

voltaram ao Brasil em novo episódio que foi ao ar nesse domingo (30). Desta vez a família de Springfield foi fazer turismo por aqui por causa da .

O episódio “Você Não Precisa Viver Como Um Árbitro” mostra Homer vindo ao Brasil como convidado para apitar uma partida de futebol. A tiração de onda agora é com os altos preços e a corrupção envolvendo o esporte. Eles passam ainda por Recife, Rio de Janeiro, Manaus e Brasília.

No vídeo divulgado pela Fox, a família vai jantar no caríssimo restaurante Figueira Rubaiyat, que fica na Rua Haddock Lobo, na região dos Jardins. O lugar é conhecido por ter uma figueira de verdade crescendo no meio do estabelecimento.

Marge usa um tablet como tradutor e arrisca um pouco em português, enquanto Homer come um churrasco. Eles são abordados por mafiosos latinos que querem manipular o resultado do jogo.

Não há previsão de exibição do episódio no Brasil.

Esta não é a primeira vez que a família vem ao Brasil. Em 2002, o episódio “Feitiço de Lisa” causou polêmica por mostrar um Rio de Janeiro estereotipado, onde cobras e macacos andam pelos postes da cidade. Eles vêm para cá para ajudar um jovem órfão chamado Ronaldo. Na época até a presidência da República – governado por Fernando Henrique Cardoso – chegou a criticar publicamente o desenho. Segundo o porta-voz, o episódio “trouxe visões distorcidas sobre o País”.

Veja mais fotos:

simpson

homer_sp

homer5

homer4

homer

Kurt Cobain ganhará biografia em quadrinhos

cobain

será personagem de HQ. Ele ganhará uma biografia em quadrinhos pela editora norte-americana , que se especalizou em lançar obras baseadas na vida de celebridades como Lady Gaga, John Lennon, Paul McCartney, entre outros. O título chega às lojas esta semana tendo como gancho o aniversário da morte do líder do , que se suicidou em 27 de abril de 1994, em Seattle, EUA.

A HQ será escrita e desenhada por Jayfri Hashim e segundo seu editor, Darren G. Davis, será “uma maneira de entender a importância de Cobain para a música” e também “uma ótima oportunidade de crianças de lerem sobre o astro em um meio diferente”. Segundo Davis, as biografias em quadrinhos da Bluewater – que nunca foram unanimidade entre a crítica especializada – está sendo usada em escolas e bibliotecas nos EUA.

Tribute: Kurt Cobain vai custar 3,99 dólares à venda na Comic Flea Market e também em plataformas digitais pelo iTunes, ComiXology, DriveThru Comics, Google Play, My Digital Comics, Kindle, Nook e Kobo.

Kurt-Cobain-graphic-novel-3

kurt-cobain-tribute-comix-665x385

DC anuncia nova série da Vertigo, “Bodies”

BDS_Cv1_low-res-630x968

A anunciou um projeto ousado para o selo . A minissérie em oito partes Bodies vai abordar um trama que acontece nas décadas de 1890, 1940, 2014 e 2050. Cada roteirista vai retratar um dos quatro detetives da história em seis páginas.

A história vai misturar ficção-científica, política, sexo, suspense, além de abordar temas como sexismo e racismo. , , e fazem parte do projeto. A capa do número 1 é essa aí acima. (Via TerraZero)

Maria Nanquim lança revista com quadrinistas independentes, a Xula

xula3

Maria Nanquim, alter-ego da publicitária Luciana Foraciepe, lança agora sua própria revista independente, a Xula. Ela ficou conhecida na internet pela fanpage que republica tiras e quadrinhos de várias partes do mundo.

A primeira edição da foi lançada neste mês e contou com nomes como Calote, Ricardo Coimbra e Bruno Maron entre os colaboradores. A HQ custa R$ 35, já com frete incluso.

Vale a pena conhecer a fanpage da , caso você ainda não curta.
xula

Atriz Vera Holtz apresenta novidades da editora Narval Comix

vera

A atriz , conhecida pelas diversas novelas que fez na TV Globo, apresentou as novidades para a editora independente de quadrinhos para 2014.

Fundado por (Cachalote) e (Piratas do Tietê, Vizinhos), a editora vem publicando HQs autorais de artistas brasileiros.

“Não somos mais independentes aqui na Narval. A loja/editora bateu o ano 4, montamos uma pequena equipe e já não fazemos as coisas como um independente faz. Somos independentes no sentido mais amplo da palavra, podemos nos dar ao luxo de realizar projetos que ainda jogam fora do esquema editorial. Já assumimos grande parte dos riscos dos quais a maioria das editoras pequenas foge: vendemos pra grandes livrarias, passamos a trabalhar com distribuição nacional, emitimos nota e pagamos toda parte chata dos impostos que não são cobrados pra quem fatura muito pouco. Tudo ainda é bem novo aqui dentro, esperamos que dê certo, atiramos pra cima algumas vezes já, ou seja: temos uma ideia aproximada de onde a bala cai.” Vale a pena ler o texto de apresentação completo da Narval.

O incrível curta de Rafael Grampá, Dark Noir

grampa

O quadrinista brasileiro divulgou o curta que fez através de uma ação da Absolut. Dark Noir é uma animação feita em colaborações com fãs através de um crowdsource online iniciado em fevereiro.

A animação será exibida em Berlim na galeria Made, mas ganhou a internet antes. Veja:

O pecado original de Mike Deodato

Mike-Deodato-_Has_One_-600x910

O desenhista paraibano Jr., veteranos das HQs norte-americanas de super-heróis, participou de uma ação da , que pede para autores mostrarem trabalhos dos quais se arrependem.

“Original Sin”, ou “pecado original” é também o nome do novo crossover da editora, que será lançado esse ano. O autor brasileiro mostrou um desenho que fez de Thor nos anos 1990, década em que explorava corpos hiper-musculosos e mulheres semi-nuas. (Via Bleeding Cool)

Pedro Ponzo dá oficina de quadrinhos no Recife

hq

, professor da extensão de “Histórias em Quadrinhos” da Universidade Federal de Pernambuco, vai ministrar uma oficina de HQ no início de abril, no espaço 3eMeio, em Boa Viagem, Recife.

Veja detalhes da oficina:

Dos fundamentos das linguagens às técnicas de produção de uma história em quadrinhos. Tudo que os amantes dos quadrinhos precisam saber para realizar suas próprias publicações, de forma independente, será oferecido no workshop ministrado pelo professor e artista plástico Pedro Ponzo. Os encontros acontecerão nos dias 9, 10, 16 e 17 de abril, no espaço 3emeio de Boa Viagem.

Num total de 12 horas, os participantes terão a oportunidade de adquirir e aprofundar conhecimentos que passam pela técnica do desenho efetivamente (perspectiva, luz, sombra e texturas), passando pela construção de roteiro, caracterização de personagens, diagramação, balonagem, até as etapas da produção de uma publicação artesanal e independente, envolvendo todo o processo de finalização e publicação.

No final do curso, o 3emeio vai promover uma vernissage para apresentar os trabalhos criados pelos participantes do workshop. Para participar é preciso ter a partir de 14 anos e realizar a inscrição pelo site www.3emeio.com.br. Pedro Ponzo é artista plástico e professor de extensão da de “Histórias em Quadrinhos”, animador cultural, ilustrador e autor de quadrinhos profissional desde 2004.

Projeto pede dignidade para Cláudia Silva Ferreira, vítima da violência no RJ

claudia_olga_11

O blog A Olga criou um projeto muito interessante para dar dignidade a uma das vítimas da policial do Brasil. Diversos ilustradores, amadores ou profissionais, enviam imagens de , chamada pela imprensa de “mulher arrastada”.

Cláudia foi morta no último domingo (16) depois de levar um tiro no Morro da Congonha, no subúrbio do Rio de Janeiro. Ela teve o corpo arrastado por 350 metros em um carro da Polícia Militar. Segundo os PMs, ela foi colocada no porta-malas para ser levada para o Hospital Carlos Chagas, onde chegou sem vida.

“As denúncias da barbárie ocorrida são importantes e elas não devem cessar. Mas fugir do sensacionalismo e humanizar esse momento também é. Por isso, nos propusemos a retratar Cláudia com mais carinho do que o visto nos últimos dias”, diz o texto de apresentação do projeto.

Veja alguma das imagens abaixo e mande sua homenagem para olga@thinkolga.com.

claudia02

claudia02

claudia-2-e1395275716702

sketches

claudia-4

Líderes mundiais se transformam em drag queens nestes GIFs incríveis

Quem sabe o mundo não seria um pouco melhor se os maiores ditadores da história e líderes como o papa Bento 16 e Barack Obama fossem drag queens? Foi esse o mote do designer , artista do oriente médio que usa esse pseudônimo para criar obras poderosas que possuem forte tom político, mas com muito deboche. Vale a pena conhecer mais do trabalho no site oficial.

Veja abaixo as principais drags.

50 anos do Demolidor terá edição especial com Alex Maleev, Mark Waid e mais

Daredevil_1.50_Cover-600x910

A comemora os 50 anos de , um dos personagens urbanos mais famosos da editora, que tem hoje um dos títulos mais elogiados dos últimos anos.

A editora divulgou as capas da edição especial que traz diversos desenhistas e autores que já passaram pelo título, , Karl Kesel, e , responsável pela reformulação que deu o prêmio Eisner ao título do herói.

A Panini publica a ótima série atual do Demolidor em encadernados. Veja abaixo os previews.

Daredevil_1.50_Martin_Variant_E-600x910

Daredevil_1.50_Martin_Variant_D-600x910

Daredevil_1.50_Martin_Variant_C-600x910

Daredevil_1.50_Martin_Variant_B-600x910

Daredevil_1.50_Martin_Variant_A-600x910

Daredevil_1.50_Samnee_Variant-600x910

Daredevil_1.50_Preview_3-600x910

Daredevil_1.50_Preview_2-600x910

Daredevil_1.50_Preview_1-600x910

Marvel apresenta HQs digitais com trilha sonora

marvel

Em busca de inovação na hora de ler quadrinhos online, a apresentou o seu “Projeto Gama” durante a , que acontece em Austin, Texas, nos EUA. Agora, o arquivo digital de algumas HQs virá com trilha sonora.

Assim que inicia a leitura, o usuário recebe um aviso de que aquele título possui trilha sonora. Já na capa da edição, o som tem início, que vai mudando com o avançar das páginas. Há também sonoplastia em muitas passagens, como gritos, sirenes, tiros e outros barulhos.

Quem quiser experimentar esses quadrinhos com áudio – chamados de “adaptive audio”, basta baixar o aplicativo Marvel Unlimited para Android ou iOS. Levando em conta que a leitura é também um exercício de imaginação, a novidade se tornou controversa e já tem bastante gente reclamando nas redes sociais.

Por outro lado, todas essas HQs possuem a opção de desabilitar o áudio para serem lidas do modo tradicional. Veja abaixo como funciona:

Página 1 de 2

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020