Revista O Grito!

Jazz Metal — Por Paulo Floro

Mês: abril 2013 (Página 1 de 2)

Beijaço de Laerte contra Marco Feliciano continua na internet

beijacolaerte

A iniciativa inédita de que levou um dos cartunistas da Folha de S. Paulo contra , não parou por ali. Depois da ótima repercussão, vários outros desenhistas e quadrinhistas postaram imagens beijando Laerte.

A página no Facebook Beijaço no Laerte é mais um instrumento contra a presença do pastor Marco Feliciano na Comissão dos Direitos Humanos e Minorias na Câmara dos Deputados. Tem muitas contribuições por lá e um resumão de quem já beijou aí embaixo.

beijaco

Rocky e Hudson: Cowboys gays de Adão ganham edição em inglês

rockyhudson

A tira , que mostra os cowboys gays de , acaba de ganhar uma versão em inglês pela editora KettleDrummer Books. A obra sai no início de maio nos EUA e já pode ser comprada pela Amazon.

O prefácio é do cartunista argentino Liniers, que lembra que Brokeback Mountain não foi o primeiro a mostrar dois cowboys gays aprontando no Velho Oeste. Rocky e Hudson apareceram pela primeira vez em 1991 na Folha de S. Paulo. O livro de capa dura custa 15 dólares.

O próprio Adão postou fotos da HQ.

rhudson-ingles-shelton

rhudson-ingles-liniers

Nova produtora de vídeo na área: Ostra Monstra

ostra

Nova produtora de vídeo do Recife, a . Eles planejam o programa , que vai trazer novos nomes da cena independente da cidade, começando com , que lançou ano passado do disco Desenho.

Parece bem bom. Cada programa funcionará como um webdoc exclusivamente para web.

Laerte convida para discussão sobre direitos humanos, em SP

comissaoextra01

O cartunista convida para a reunião da Comissão EXTRAORDINÁRIA de Direitos Humanos e Minorias, que acontecerá na Praça Rosa (antiga Praça Roosevelt), no Centro de São Paulo. O encontro será nesta quinta (25) e terá transmissão ao vivo do PostTV.Org.

A ideia é debater o atual rumo dos direitos humanos no Brasil. O evento será apartidário e terá presença de Laerte, Jean Wyllys, Luiza Erundina, além de lideranças de grupos feministas e direitos gays, entre outros.

O nome do encontro é uma crítica à falta de legitimidade da presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, liderado pelo pastor . O deputado é acusado de racismo e homofobia e já instigou processos contra sua saída em várias cidades do Brasil. Sem falar no meme #FelicianoNaoMeRepresenta.

Veja como foi o protesto contra Feliciano no Recife.

Nova de Butcher Billy: Mashup de HQs clássicas da Marvel com os filmes atuais

billy12

Mais uma do designer brasileiro Butcher Billy. Sempre fazendo referências aos ícones da cultura pop, desta vez ele pegou personagens da Marvel nos anos 60 e 70 e os inseriu nos filmes modernos como Os Vingadores, a trilogia Homem-Aranha de Sam Raimi e Homem de Ferro. O resultado ficou bom.

A última de foi a versão dos pastores milionários brasileiros na forma de verdadeiros demônios.

billy11

billy10

billy9

billy8

billy7

billy6

billy5

billy4

billy3

billy2

billy

Cartunistas da Folha fazem beijaço contra Marco Feliciano

beijaco-angeli-laerte-adao-sieber-caco-594x791

Os cartunistas da Folha de S. Paulo organizaram um coletivo contra o deputado . Nunca vi uma iniciativa parecida nos quadrinhos nacionais. , , , , André Dahmer e participaram. Vou correr para comprar a edição impressa, que isso é histórico.

Foi Laerte que teve a ideia e pediu aos colegas cartunistas. [Via Folha]

Doc sobre Keith Haring no Brasil tem trailer revelado

haring2

Saiu o trailer do documentário sobre a presença do artista no Brasil. : Keith Haring, dirigido por Guto Barra e Gisela Matta investiga a vinda de um dos mestres do grafiti para a pequena cidade de Serra Grande, próximo ao município de Ilhéus, na Bahia.

A obra de Keith Haring influencia a cultura pop até hoje. Morto em 1990, o artista se interessou pelo Brasil e deixou na cidade um valioso registro de sua passagem que foi o mural pintado no chão, que pode ser visto no trailer.

haring

A$AP Rocky na capa da Interview

asap

O rapper agora também é queridinho das revistas de moda. Ele é todo sorriso (douradíssimos) na capa da respeitada publicação Interview. O perfil foi escrito por Alexander Wang.

Das Antigas: Picasso na praia em 1968

tumblr_mjunwukuNY1qe31lco1_r1_500

Foi o blog The World Of Wonder (produtora de RuPaul) que desenterrou essas fotos que fez para a icônica revista Life em 1968. As fotos são de .

Apple baniu HQ Saga por causa de cena de sexo gay

saga12

A Apple baniu a última edição da HQ , escrita por Brian K. Vaughan, de sua loja online. O motivo foi a cena de sexo que aparece na revista.

Segundo Vaughan, todas as imagens usadas na HQ servem a um propósito e não estão ali apenas para chocar. “Fiona [Staples, a desenhista] poderíamos editar a imagem em questão, mas tudo que colocamos na obra estão lá por causa da história”, disse o autor em um comunicado. “Pedimos desculpas a todos que leem nossa série em iPads e iPhones”, competou.

Saga, inédita no Brasil, vem sendo bastante elogiada pela crítica. Conta a história de amor de Alana e Marko, membros de raças extraterrestres inimigas. Eles terão que lutar contra a sociedade e as autoridades para ficarem com a filha Hazel.

Não foi a primeira vez que a Apple baniu HQs de sua loja. Segundo o Bleeding Cool, a empresa retirou 1500 títulos da editora francesa Izneo. A Dark Horse também já sofreu com a censura. [Via CBLDF]

saga

SagaInterna1

Vem aí uma cinebiografia de Tom of Finland

tom3

(ou Tom da Finlândia), um dos mais conhecidos artistas a explorar o sexo e o corpo masculino vai ganhar uma biografia nos cinemas. As informações sobre a produção ainda são escassas, mas o site Queerty apurou que está em início de gravações, com previsão de lançamento em 2015.

Na descrição do teaser que acaba de sair, o filme vai abordar a história de Touko, o nome verdadeiro de Tom Of Finland. Ainda na infância, diz o texto, ele já desenhava fotos de homens nus. Enquanto desenhava, o artista usava apenas as icônicas botas pretas pela qual ficaria reconhecido no futuro.

Em uma época que a homossexualidade era crime com pena de prisão, Touko Laaksonen usou um pseudônimo para fugir da repressão, nos anos 1970. Tom Of Finland quebrou barreiras da chamada “arte erótica” e se tornou parte da cultura pop, influenciando cineastas e artistas plásticos.

Hoje, sua obra é apreciada por compradores das caras edições da Taschen e similares, mas sua importância pode ficar conhecida por um grande público com este documentário.

Para Marco Feliciano, Deus matou John Lennon e Mamonas Assassinas

feli

O pastor em mais uma pérola da vergonha alheia. Em um vídeo antigo que se tornou um viral esta semana, ele afirma que Deus matou o ex-Beatle . Ela afirmou a idiotice durante um culto.

“Eu queria estar lá quando descobriram o corpo dele. Eu ia tirar o pano e dizer: ‘esse primeiro tiro, John, é em nome do Pai. [O outro] é em nome do Filho e esse é em nome do Espírito Santo”, diz ele no vídeo. “Ninguém afronta Deus e sobrevive”. Tudo isso, segundo Feliciano, aconteceu por causa da afirmação de Lennon que disse a famosa frase que “os Beatles eram mais famosos que Deus”.

Vale lembrar que quem matou Lennon foi Mark David Chapman, em 8 de dezembro de 1980. Ele segue preso em regime perpétuo nos EUA.

Neste final de semana no Recife, centenas de pessoas foram às ruas para protestar contra a presença de Feliciano na comissão. Falando em Feliciano, o caricaturista Toni D’Agostinho resumiu a visão que o deputado tem de Deus neste desenho:

pastor_feliciano2_web

Atualização: mais um vídeo foi “redescoberto” e mostra Feliciano afirmando que Deus, esse serial killer, matou também os Mamonas Assassinas. Provavelmente, a declaração infeliz foi dita no mesmo culto em que ele falou sobre Lennon. “Ao invés de virar pra um lado, o manche tocou pra outro. Um anjo pôs o dedo no manche e Deus fulminou aqueles que tentaram colocar palavras torpes na boca das nossas crianças”, contou, citando o teor das letras cômicas do Mamonas.

Os Mamonas Assassinas viviam o auge da fama no Brasil quando morreram em um acidente de avião em 1996.

Página 1 de 2

Jazz Metal é um blog da Revista O Grito!. Todos os direitos reservados. © 2013–2020