Ser o maior em seu segmento pode até ser fácil – basta ter um bom investimento, marketing ou até mesmo ser vítima de um golpe de sorte (acontece…) – mas ganhar relevância é para poucos.

E quando o assunto é e se trata de algo ainda mais específico, quadrinhos, aí podemos dizer que o é um caso que chama atenção no Brasil. Nesta quinta (5), o site completa 10 anos. Considerado um dos maiores bancos de dados sobre HQ’s da América Latina, é possível afirmar que o UHQ acompanhou a maturidade que ganhou a arte sequencial nesta década.

Pra comemorar, foi feito uma atualização especial com diversos depoimentos e homenagens em forma de ilustração. Destaques: o texto do Sidney Gusman, um dos idealizadores, contando a história do site e como ele funciona. E a HQ do Eduardo Nasi, um dos colaboradores.

Pra ver completo, aqui.

Comentários