DivulgaçãoVai estrear no próximo 4 de Abril, no Canal Brasil, “O Estranho Mundo de Zé do Caixão”. O programa com entrevistas procura revelar o lado obscuro das celebridades.

O vocalista Nazi, por exemplo, que já gravou a entrevista, não falou sobre a briga familiar que levou ao fim do Ira. Isso já está em todos os jornais. Ele conta a José Mojica Marins, com 71 anos, a respeito do exu que baixou em sua casa e previu como sua mãe iria morrer. Também revelou ser pesquisador de umbanda e freqüentador de terreiros.

Já o ator Paulo César Pereio, que acaba de interpretar o traficante Lobato, em “Duas Caras”, falou sobre bebida, mulheres e deu uma sugestão para a arquitetura do Rio de Janeiro: O Cristo Redentor deveria ser demolido a fim de dar lugar à estátua do Borba Gato, considerada uma das obras públicas mais feias da capital paulista.

A primeira entrevista do programa, exibido semanalmente, à meia-noite de sexta-feira, será com Lobão – que conta ter batucado no caixão de sua mãe. Na seqüência virão Supla e a mãe Dinah. Também passarão pelo cenário – luxuozérrimo com poltronas roxas, caixão e caveiras – o músico Paulo Ricardo, Marina Person, Luciana Vendramini e João Gordo. O cineasta Fernando Meirelles, que está editando o longa-metragem Cegueira, procura um lugar na agenda de Mojica.

Sem mais artigos