Wolf Parade( Foto: Meqo Sam Cecil/ Divulgação)

Canadenses do Wolf Parade continuam ímpares
Por Paulo Floro

WOLF PARADE
At Mount Zoomer
[Sub Pop, 2008]

Os canadenses do Wolf Parade ganharam um culto repentino na cena independente quando lançaram o debut Apologyes To The Queen Mary, em 2006. O principal mérito da banda estava em soar incrivelmente desleixado, mas contar com sofisticadas composições e arranjos. Um lo-fi de luxo. Continuando com o projeto, At Mount Zoomer, lançado semana passada pela Sub Pop, também impressiona.

Os exageros vocais de Spencer Krug continuam, agora com um maior reforço nos pianos. Existe mais pop aqui, criando outra coleção de hits que nunca ficarão famosos. Fãs do alt-rock do grupo saberão encontrar novos elementos no som do grupo, apostando numa direção mais pop (alguns dirão “convencional”).

O som da banda é irressistível e seria natural que houvesse esta abertura no som do grupo. No entanto, o Wolf Parade ainda continua soando apenas como… Wolf Parade. É esta a principal marca da banda que não perdeu a relevância desde que surgiu em 2005. Se manter este caráter ímpar no som em seus discos posteriores, pode se firmar com um dos tesouros escondidos desta década.

NOTA: 8,5

Sem mais artigos