está de volta e “Antifa” é o single que o músico compôs para dialogar com os tempos difíceis que vivemos no Brasil. “Não serei omisso na terra onde eu habito”, diz ele no e-mail em que divulgou a faixa.

“Nunca lancei um single assim, por vontade própria”, conta o músico, “sempre pensei só em álbum completo. Mas acho que nossa situação é tão grave que vale a gente se posicionar”. Wado comenta que, assim como a letra começa bastante aberta e faz mais sentido em sua progressão, a composição da música ganhou seu significado à medida em que ela era composta – “Quando eu vi, estava falando sobre isso”, diz ele.

A canção antifascista dialoga com o conteúdo de Precariado, ainda que tenha sido mais influenciada pelos acontecimentos no país depois do álbum ter saído. “O Brasil saiu do armário e, ao invés de ser uma drag linda, era um conservador de extrema direita, cujo símbolo máximo é esse presidente”, comenta o músico, que canta em Antifa que “o ódio é o pior partido”.

Sem mais artigos