Foto de Beto Figueirôa.

O músico pernambucano lança o novo álbum Quem Disse em plataformas de streaming, seu primeiro trabalho autoral. O disco, também disponível nas lojas físicas, tem lançamento nacional nessa quinta-feira (29) com distribuição digital pela Tratore. Otto, Lia Sophia, Maestro Spok, Tiné, Urêa, China e Bruno Lins são alguns dos artistas convidados.

O amor e todo universo de paixões, desapegos, idas e vindas, com cenas do cotidiano, estão imersas geograficamente em Pernambuco e condensadas neste álbum de estreia. São doze canções que transportam o ouvinte dos bailes de música caribenha na periferia do Alto do Céu de Havana aos fins de noite em zonas boêmias a .

A produção do disco é assinada por , exceto a faixa que dá título ao álbum, produzida por Pupillo (Nação Zumbi) com linhas de baixo de Dengue (Nação), Chiquinho (Mombojó) no teclado e guitarra de Régis Damascenos, músico cearense da Cidadão Instigado.

A banda que acompanha Victor e toca nas outras faixas é formada por Sérgio Lima (teclado), Vitor Magall (guitarra), Charles Silva (bateria), André Mucuim (baixo) e Irandê (percussão).

Victor Camarote iniciou sua carreira como músico em 2005, interpretando clássicos do brega, lambada e merengue, de artistas como Reginaldo Rossi, Odair José, Alípio Martins, José Augusto, Beto Barbosa, Amado Batista, Carlos Alexandre, Kakau Gois, entre outros. Além do trabalho autoral, Camarote participa ocasionalmente dos shows da banda “The Rossi”, que acompanhou grande parte da carreira de Reginaldo Rossi, com quem dividiu o microfone diversas vezes.

Veja o clipe da faixa-título::

Sem mais artigos