Valv, um dos ícones do indie-rock brasileiro, lança música inédita depois de 14 anos. O primeiro single se chama “Driving in a Moonless Sky” e fará parte do EP com 5 músicas que sai no dia 07 de agosto.

Quando surgiu em janeiro de 2000, o Valv já era veterana. Luciano, Alessandro, Daniel e Alexandre traziam no currículo passagem por outras bandas de Belo Horizonte como Dreadfull, Vellocet e No Hands.

Em 2004 gravaram seu 1º (e até hoje único) álbum, The Sense of Movement, que tinha 14 faixas e participação especial de Fernanda Takai na faixa título.

Só que a maré mudou: seus integrantes assumiram responsabilidades da vida adulta, alguns mudaram de cidade. A banda se distanciou. O Valv ensaiava esporadicamente e o baixista Daniel deixou a banda. A dificuldade de integrar as agendas e os interesses fez com que o Valv mudasse de formações algumas vezes.

Em 2016, ainda na marcha lenta, foram entrevistados para o documentário “Guitar Days” e na sequência receberam o convite para incluir uma música inédita na coletânea desse mesmo filme. Gravaram duas músicas. Só que o documentário e a coletânea atrasaram.

Dispostos a divulgar as duas músicas novas, resolveram gravar mais três e montar um EP. “Nautilidae” será apenas o 3º lançamento oficial de estúdio do Valv em quase 18 anos de carreira.

A Valv volta com dois integrantes originais, os guitarristas Alessandro Travassos e Luciano Cota, além dos novos integrantes, Bruno Martinho (também baixista do Churrus) e Filipe Monteiro (baterista, ex integrante do Quase Coadjuvante e ex-vocalista da banda Rallye).

Ouça a nova faixa.

Sem mais artigos